Beto Albuquerque retira candidatura para o governo estadual

"Não vamos insistir em uma candidatura que não foi capaz de reunir um conjunto maior de forças políticas"

Por Redação em 17/05/2010

   

nao. (Foto: Daniela Miranda)
Beto Albuquerque retira candidatura para o governo estadual

Com a presença do pré-candidato do PSB ao governo do Estado, deputado Beto Albuquerque, a Direção Estadual do PSB comunicou hoje (17/05), durante entrevista coletiva na Sede Estadual em Porto Alegre, a retirada da candidatura socialista ao Palácio Piratini. A executiva da sigla esteve reunida para debater o quadro eleitoral e político e avaliou que não há como levar adiante a proposta de uma Frente Ampla sem a presença de uma sigla com forte representação na composição da chapa majoritária. Neste momento de decisão, os socialistas argumentam que a questão da proporcional é secundária. "Tínhamos um projeto de renovação e de entendimento para fazer o Rio Grande do Sul retomar seu crescimento", disse Beto. Ponderou que "minha candidatura não é pessoal, de vaidade, mas de convicção na apresentação de uma idéia, de um programa para o nosso estado". Para o socialista , a decisão foi baseada exclusivamente pela impossibilidade de concretizar a coligação que tornaria viável esta proposta de renovação da política. " Infelizmente nossos parceiros de diálogo tomaram outras decisões", lembrou Beto ao destacar e agradecer a parceria constante do PCdoB nesta construção.

"Há mais de um ano apresentei minha disposição de ser candidato ao Governo, abrindo mão de uma reeleição à Câmara Federal, entrar numa campanha difícil, contra as estruturas partidárias e nomes fortes e com boa pontuação nas pesquisas. Fizemos isso porque acreditamos de que é preciso romper com o ciclo de beligerância que faz da política gaúcha uma eterna fonte de problemas, quando deveria ser de soluções". Beto Albuquerque informou que disputará a reeleição a deputado federal. " Não há possibilidade de concorrer a vice, nem ao Senado", advertiu.

O presidente estadual Caleb de Oliveira disse que a partir de agora a Direção retomará o processo de discussão sobre a nova estratégia eleitoral. " Não existe nenhuma inclinação prévia para qualquer lado. Zeramos o debate e recomeçaremos as negociações perseguindo a convicção de buscar um projeto para o Rio Grande, o que será melhor para o nosso Estado recuperar seu protagonismo nacional.

O deputado Beto aproveitou para agradecer aos demais partidos que fizeram parte deste processo de diálogo. "Não desistimos, continuamos acreditando de que é preciso entendimento para melhorar o nosso Estado. Há um ano dialogamos muito debantendo um projeto de união capaz de fazer o Rio Grande avançar".

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade