Os acessórios indispensáveis na hora de servir um vinho

Enófila ensina a como servir a bebida nas taças corretas

Por Redação em 04/06/2010

   

nao. (Foto: Divulgação, stock.xchng)
Os acessórios indispensáveis na hora de servir um vinho

Todo segundo domingo de junho se comemora o Dia Nacional do Vinho. Mas, para iniciantes, mais importante do que saber como escolher a bebida é saber como servi-la e quais acessórios são indispensáveis.

É possível afirmar que uma das regras básicas para se tomar vinho é que ele seja sempre degustado alternadamente com água. Isso porque o líquido remove o sabor da comida na boca, e assim, se pode apreciar separadamente o sabor da bebida.

Na hora de abrir a garrafa é preciso ter ao menos um bom saca-rolhas. Mais do que bonito, o objeto deve ser funcional, forte e revestido com teflon.

A hora da escolha do copo é quase tão importante quanto a do próprio vinho. Dependendo da taça é possível se ter um paladar e um aroma completamente diferente. O ideal é que os copos sejam incolores e livres de ornamentos para deixarem transparecer a cor e pureza do vinho.

Para não se gastar com diversas taças, a dica é investir em pelo menos três tipos: a fltue, para Champanhe; a ISO (ou International Standards Organization) de tamanho diferenciado que serve para todos os tipos de vinho e a Borgonhesa, mais bojuda e de pé mais alto indicada para tintos mais encorpados.

Na hora de servir

A escolha da taça e a quantidade de vinho colocada são fundamentais. Quando for servir o vinho, não se deve encher toda a taça – o ideal é deixar sempre uma margem de segurança para que seja possível agitar a taça para analisar o aroma da bebida.

– Para não errar, coloque no máximo até um terço da taça para vinhos tintos; para brancos, até metade; e para espumantes, a quantidade pode chegar a três quartos – recomenda a enófila Adriana Grasso.

Outra dica importante é a taça que vai ser utilizada para servir o vinho. Sirva o vinho sempre em taças transparentes; as coloridas são lindas, mas não são adequadas para a bebida.

– Uma das análises que fazemos da bebida é a visual. Com uma taça colorida ou cheia de detalhes, como isso seria possível? – explica Adriana.

A taça também deve ser de cristal, e não de vidro.

– O cristal tem porosidade. O vinho, quando rotacionado, adere aos poros, deixando o aroma mais evidente. O vidro não possui esta porosidade – explica.

Uma justa homenagem ao vinho no RS

Em todo o Rio Grande do Sul, desde o final de maio, uma série de atividades estão ocorrendo para marcar o Dia Estadual do Vinho, que será comemorado em 6 de junho. Mas é na Serra, a maior produtora da bebida no país, que a data está sendo tratada com mais capricho e mobilização. Só na região, cerca de 140 ações foram programadas para homenagear a bebida. Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Flores da Cunha, Garibaldi e Monte Belo do Sul concentram as principais comemorações.

Bento Gonçalves terá a programação mais intensa para lembrar a data. Nas vinícolas, até o domingo, os apreciadores de vinhos e espumantes poderão comprar os produtos a preços promocionais. Além disso, estabelecimentos comerciais da cidade estão oferecendo taças de vinho como cortesia a visitantes e clientes. Cursos de degustação, jantares harmonizados, feiras, shows e apresentações artísticas também estão entre as atrações no roteiro turístico Vale dos Vinhedos. No site www.valedosvinhedos.com.br é possível conferir algumas opções.

Em Caxias, no sábado, a Cooperativa Vinícola Forqueta sediará uma série de atrações, com a presença das soberanas da Festa do Vinho Novo. A cidade, juntamente com Flores da Cunha, promove ainda o Passeio Ciclístico Caminhos da Colônia. Haverá saída das duas cidades e a chegada será no distrito florense de Otávio Rocha. As inscrições podem ser feitas até amanhã.

Quem estiver em Porto Alegre até domingo também pode comemorar a data, indo até o cais Mauá, no centro da Capital, para degustar e comprar vinhos, espumantes e sucos de uva na feira instalada no armazém principal do porto. A entrada é franca. O Dia Estadual do Vinho foi criado em 2003, por meio de projeto do deputado estadual Iradir Pietroski (PTB). A data hoje consta no calendário oficial do Estado.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade