Rochemback e Hugo determinam vitória do Grêmio sobre o Atlético-MG

ricolor fez 2 a 1 no adversário em cobranças do volante e gols do meia

Por Redação em 04/06/2010
nao. (Foto: Valdir Friolin)
Rochemback e Hugo determinam vitória do Grêmio sobre o Atlético-MG

O Grêmio recebeu o Atlético-MG no Olímpico na noite desta quinta para tentar, de qualquer maneira, sair da desconfortável 17ª posição no Brasileirão. Com dificuldade, o Tricolor conseguiu vencer por 2 a 1, em duas boas jogadas de bola parada envolvendo cobranças de Rochemback e gols Hugo. Para o time mineiro, quem descontou foi Ricardinho.

Grêmio sai na frente na bola parada

Em posições desconfortáveis na tabela de classificação neste início de Brasileirão, Grêmio e Atlético-MG entraram em campo em busca da vitória para aliviar a situação antes da parada para a Copa do Mundo. As duas equipes começaram o jogo com muita marcação, tentando chegar ao ataque de todas as formas.

Logo no primeiro minuto, o Atlético-MG teve a primeira boa chance cobrando uma falta. João Pedro bateu com força e a bola explodiu em Victor. Aos oito, Bruno Collaço levantou de longe a bola na área adversária, mas o goleiro Marcelo, atento, espalmou.

Rochemback foi um dos destaques do primeiro tempo pelo lado gremista. Aos 13 minutos, ele fez um bom lançamento longo para Roberson. O atacante lançou Bruno Collaço pelo lado esquerdo, ele cruzou e Maylson completou de cabeça para a defesa de Marcelo.

Outro destaque tricolor foi Adilson, que fez uma boa cobertura para os zagueiros Rodrigo e Ozeia. Aos 18 minutos, Diego Tardelli lançou Muriqui dentro da área e, antes de o camisa 11 do Galo finalizar, o volante do Grêmio apareceu bem para cortar.

Adilson, aos 24, tentou abrir o placar para o Grêmio. Ele chutou de muito longe, da intermediária, mas a bola subiu mais do que deveria, saindo para fora, por cima do gol.

Tentativas dos dois lados, e nada de sair gol. Até que, aos 37 minutos, Rochemback cobrou escanteio com precisão do lado esquerdo e Hugo completou de cabeça, da pequena área. Grêmio 1 a 0.

Atlético-MG empata aos 44

O primeiro tempo se encaminhava para o fim, com a torcida do Grêmio comemorando a vantagem no placar, mas o Atlético-MG não deixava de tentar a igualdade. Em cobrança de falta de Ricardinho aos 39 minutos, Victor conseguiu tirar de soco. Mas aos 44 o goleiro gremista não teve o que fazer. O camisa 10 do Galo recebeu de Muriqui fora da área e chutou. A bola desviou em Ozeia, enganando Victor, e entrou: 1 a 1.

Rochemback e Hugo de novo

As duas equipes voltaram sem modificações para o segundo tempo. Quando o time do Atlético-MG entrava em campo, o técnico Silas brincou com o meia Ricardinho:

– Não chuta mais não, Ricardo! – disse, para em seguida emendar: – É brincadeira!

E como no primeiro tempo, Rochemback e Hugo fizeram uma boa combinação. Aos 15 minutos, em cobrança de falta, o volante cobrou com perfeição na cabeça do meia. E ele colocou o Grêmio na frente de novo: 2 a 1.

O jogo seguiu muito disputado, com oportunidades boas para ambas as equipes. Aos 23 minutos, o Atlético-MG perdeu um gol feito. Muriqui chutou em cima de Victor de dentro da área, o goleiro espalmou e, no rebote, Diego Macedo chutou para fora. A goleira estava vazia.

A primeira substituição da partida foi feita por Silas. Sacou William, que mais uma vez não conseguiu ter boa atuação, e colocou Fernando. Em seguida, Luxemburgo trocou Jairo Campos por Ricardo Bueno, o atacante que era do Grêmio e foi um dos goleadores do Paulistão pelo Oeste.

O Grêmio tentava manter a vantagem, e o Atlético começava a ameaçar mais. Pressionando, o time mineiro chegou mais ao ataque na etapa complementar, principalmente da metade para o final. Aos 37, Júnior, que entrou no lugar de Leandro, arriscou um chute forte pelo lado esquerdo da área e Victor fez grande defesa.

O árbitro da partida distribuiu muitos cartões na partida. Aos 39, acabou expulsando o meia João Pedro, do Atlético-MG. Em seguida, Roberson, sentindo dores e cansaço, teve que ser substituído por Bergson. No Galo, mais uma modificação também: Rafael Jataí saiu e entrou Wendel.

O Grêmio se segurou como pôde até os minutos finais. O segundo tempo foi até os 49 minutos. Com a vitória, o Grêmio pula para oito pontos, na 10ª posição.

ClicEsportes

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade