Inter empata em 1 a 1 com o Palmeiras no Beira-Rio

Giuliano fez o gol colorado na partida válida pela sétima rodada do Brasileirão

Por Redação em 07/06/2010
nao. (Foto: Jefferson Botega)
Inter empata em 1 a 1 com o Palmeiras no Beira-Rio

Na última rodada antes do recesso para a Copa do Mundo, um empate dentro de casa. Foi assim que o Inter disse "até logo" para o Brasileirão. No início da noite deste domingo, a equipe colorada empatou em 1 a 1 com o Palmeiras, no Beira-Rio. Os visitantes abriram o placar no primeiro tempo, com Lincoln. O Inter empatou só no segundo tempo, com Giuliano. Com o ponto do resultado, time vai a sete pontos, ficando na parte de baixo da tabela de classificação do Brasileirão e fora da zona de rebaixamento.
Apesar de ter dois articuladores no time, Giuliano e D'Alessandro, o Inter de Enderson Moreira apostou mesmo nas subidas pelos flancos. Foi pelas alas que o time encontrou espaço para atacar o Palmeiras. E pelos lados, uma única jogada foi a tônica colorada: bola alçada para a área adversária. E não foi pouca pressão usando esse caminho. Numa dessas, o centroavante Alecsandro arriscou uma meia-bicicleta para a boa defesa de Deola.
Mas o Palmeiras, que veio bem arrumado pelo técnico Jorge Parraga, precisou de apenas uma chegada à frente para fazer abrir o placar. Aos 14 minutos Márcio Araújo fez o lançamento para Ewerthon, que ajeitou de cabeça na frente da área. Lincoln pegou de primeira na meia-lua para colocar o Palmeiras à frente. Foi o único chute do time no primeiro tempo.
Depois o Inter ainda seguiu mordendo o Palmeiras em cima. Teve uma boa chance com D'Alessandro, que recebeu dentro da área mas a bola sobrou para o arremate no pé direito. Deola caiu no canto certo e abaou o chute à queima-roupa aos 22. Aos 41, outra boa oportunidade com Guiñazu mandando um pataço de fora da área defendido pelo goleiro palmeirense.
Para o segundo tempo o interino Enderson precisou mexer. Primeiro, por necessidade. Sorondo sentiu um desconforto. Fabiano Eller foi a campo formar o miolo da defesa ao lado de Bolívar. Mas passados 10 minutos, a troca foi por questões de jogo. Sacou Alecsandro, que até teve boa movimentação e alguns arremates, e colocou Taison em campo, apostando em dar mais velocidade na chegada à frente.
Mas antes de chegar à igualdade, um susto. Ewerthon invadiu a área, gingou na frente do marcador e bateu forte. Lauro fez grande defesa espalmando para escanteio. Com D'Alessandro caindo mais pela direita, levou mais perigo à defesa do Palmeiras, tanto que o gol de empate nasceu por aquele setor. Em uma bola rolada para a área, Giuliano pegou de primeira. Explodiu na zaga. Mas o rebote foi dele mesmo, que teve tempo e espaço para ajeitar e pensar onde bater. Acertou o cantinho do gol de Deola aos 21 minutos, deixando o placar em 1 a 1.
Aos 30, Andrezinho entrou no lugar de Glaydson, alterando o posicionamento de Giuliano, que passou para a ala. Aos 40, uma chance incrível desperdiçada. Na bola rasteira da direita na área, Giuliano ajeitou para Sandro. Mas o volante errou em bola.
Agora o Inter vai para o recesso da Copa do Mundo. Férias para os jogadores, que só se reapresentam para a inter-temporada no dia 18 de junho. Depois disso é que a delegação vai para o Costão do Santinho, em Florianópolis, provavelmente com novo técnico.

ClicEsportes

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade