Proteja seus lábios do inverno

Ressecamento pode ser a porta de entrada de bactérias, saiba como prevenir

Por Redação em 14/06/2010

   

nao. (Foto: Divulgação)
Proteja seus lábios do inverno

Carnudos ou finos, os lábios, no inverno, precisam de proteção redobrada – as baixas temperaturas provocam rachaduras e ressecamento.

Meire Brasil Parada, dermatologista e professora da Universidade Federal de Medicina de São Paulo (Unifesp), alerta que pequenas fissuras na boca, se não tratadas, atraem bactérias e podem provocar infecções.

Para manter o problema distante a receita é mais simples do que se imagina: basta hidratar constantemente os lábios. Segundo a médica, qualquer tipo de proteção, seja ela feita com gloss, batom ou produtos específicos para hidratação, funciona como tratamento. A manteiga de cacau e a vaselina são mais recomendadas porque oferecem uma hidratação natural e evitam que os lábios percam água para o ambiente.

“Há uma diferença no tipo de hidratação, a vaselina e a manteiga são ótimos protetores, mas o importante é não deixar de cuidar.”

A hidratação precisa formar um filme que evite a perda de água. Engana-se quem pensa que a saliva é uma boa aliada para proteger os lábios. Flávia Addor, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia de São Paulo, explica que a saliva contém pequenas enzimas digestivas que podem provocar até dermatite irritativa. "É uma atitude inconsciente umidecer a boca no frio, mas isso gera mais irritação. Protetores labiais são fundamentais, eles recobrem a pele."

A receita quase caseira, muitas vezes ensinada pelas avós, de passar um pouquinho de pomada contra assaduras nos lábios antes de dormir, também ajuda a renovar a pele e prevenir rachaduras. A dermatologista comenta que o hábito é recomendado para pacientes que tomam medicações que provocam secura na boca.

“A pomada protege, ajuda a cicatrizar. Durante a noite, muitas pessoas costumam dormir de boca aberta, têm dificuldade de respirar pelo nariz. Isso provoca ressecamento e aumenta as chances de rachaduras nos lábios.”

Flavia Addor, entretanto, prega cautela quanto ao uso das pomadas. Na avaliação da médica, embora o produto tenha um efeito cicatrizante eficaz, o uso é indicado para a pele e não para as mucosas. "A finalidade é outra e isso pode provocar reações adversas. É preciso tomar cuidado para não engolir o produto."

Hidratar os lábios não tem contra-indicação e deve ser repetido quantas vezes for necessário. Meire explica que o lábio sinaliza quando precisa de proteção. “Sempre que sentir a boca seca, é importante usar um batom, manteiga ou hidratante.”

Além de carregar um creme na bolsa, é fundamental beber bastante água durante o dia – ela é a principal fonte de hidratação do organismo, endossa a médica. O contato dos lábios com frutas cítricas não é recomendado quando já existe algum machucado. A acidez do alimento prejudica a região já sensibilizada. Banhos muito quentes também pioram a qualidade da pele dos lábios, deixando-a mais ressecada. Por mais difícil que seja encarar a água gelada no inverno, a dermatologista orienta seus pacientes a lavar o rosto com a água morna ou fria.

“Ao menos o rosto deve ser lavado com água fria, no mínimo morna. Ácidos e produtos fortes também não devem ser usados no frio.”


Fonte: ig.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade