Inglaterra e Argélia duelam para se recuperar das falhas de seus goleiros

Inglês Green e argelino Chaouchi foram responsáveis diretos pelos tropeços de seus times na primeira rodada da Copa do Mundo

Por Redação em 18/06/2010
nao. (Foto: Divulgação)
Inglaterra e Argélia duelam para se recuperar das falhas de seus goleiros

Traumatizados após sofrerem com as falhas de seus goleiros na primeira rodada da Copa do Mundo, Inglaterra e Argélia se enfrentam nesta sexta-feira, às 15h30m, horário de Brasília (20h30m no horário sul-africano), num jogo que ganhou mais importância por causa dos resultados da primeira rodada. As duas seleções dividem o Grupo C com Eslovênia, líder, com três pontos, e Estados Unidos, que compartilha a segunda colocação com os ingleses, ambos com um ponto. A Argélia está zerada e se perder para o English Team dá adeus ao Mundial.

Pelo lado inglês, Robert Green, que engoliu um indigesto frango num chute de fora da área do americano Dempsey, segue prestigiado. Embora a imprensa inglesa faça campanha contra o goleiro (alguns pedem até para que o jogador seja retirado da delegação), o técnico Fabio Capello segue bancando o camisa 1 e avisa que ele será titular.

- Todos erram: goleiro, zagueiro, meia, atacante. Eu escolho os jogadores por suas qualidades técnicas e não por seus erros. Green foi muito bem nas Eliminatórias, todos puderam ver isso. E não vou crucificá-lo por causa de um erro - afirmou o treinador.

Já o argelino Faouzi Chaouchi, que também falhou no gol da Eslovênia, na primeira rodada, não deverá jogar. Mas por causa de problemas físicos. Ele torceu o joelho e mal treinou na última quinta-feira. Rais M'Bolhi está de prontidão.

Primeira vez


Essa confronto, aliás, será histórico. É a primeira vez que ingleses e argelinos se enfrentam. A Argélia é a sexta seleção africana que a Inglaterra enfrenta ao longo de suas participações em Copas do Mundo. O English Tem empatou em 0 a 0 com o Marrocos, no México, em 86; derrotou o Egito por 1 a 0 e Camarões por 3 a 2, em 1990, na Itália; venceu a Tunísia por 2 a 0, em 1998, na França; e ficou no 0 a 0 com a Nigéria em 2002.

Já a Argélia está acostumada a enfrentar europeus em Copas. Em 82, na Espanha, os africanos derrotaram a então Alemanha Ocidental, por 2 a 1, e perderam para a Áustria por 2 a 0. Em 86, a seleção empatou com a Irlanda do Norte, 1 a 1, e perdeu para a Espanha, 3 a 0.

Nada de confirmação


Fabio Capello afirma que já tem o time definido, mas que não vai entregar a escalação antes da hora. Vai manter o mistério até a hora do jogo. O treinador cogita uma mudança no ataque. Embora elogie a forma de Emile Heskey, o treinador pode substituí-lo por Jermain Defoe, na parceria com Wayne Rooney.

- Heskey e Rooney jogaram muito bem contra os Estados Unidos. Heskey é muito importante em termos de movimentação, mas Defoe também pode ser uma boa opção – disse.

O treinador só confirma a entrada do volante Gareth Barry, que se recuperou de uma lesão no tornozelo e será titular no lugar de James Milner. Com isso, Gerrard e Lampard deverão ganhar um pouco mais de liberdade para chegar à frente.

Na Argélia, a dúvida está no gol. Faouzi Chaouchi está machucado e o técnico Rabah Saadne ainda não sabe se poderá contar com o jogador. No restante das posições, nenhum problema.


Fonte; g1.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade