Simon segue na África do Sul; Larrionda e Rosetti voltam para cas

Árbitros responsáveis por erros nas partidas de México e Inglaterra não apitarão mais na Copa 2010

Por Redação em 29/06/2010

   

nao. (Foto: Divulgação)
Simon segue na África do Sul; Larrionda e Rosetti voltam para cas

O trio brasileiro comandado por Carlos Eugênio Simon foi selecionado pela Comissão de Árbitros da Fifa entre os 19 que seguirão na Copa do Mundo, enquanto o uruguaio Jorge Larrionda e o italiano Roberto Rossetti não continuarão na África do Sul. Simon e seus auxiliares, Altemir Hausmann e Roberto Braatz, já participaram de duas partidas até agora e não comprometeram. A primeira foi o empate em 1 a 1 entre Inglaterra e Estados Unidos, e a segunda, a vitória da Alemanha por 1 a 0 sobre Gana.

Larrionda e seus auxilares foram os protagonistas do lance de maior discussão entre todas as partidas da Copa. No duelo entre Inglaterra e Alemanha, o uruguaio não assinalou um gol marcado por Frank Lampard, da Inglaterra, em que a bola ultrapassou a linha em exatos 33 centímetros. O lance influenciou de maneira direta na partida, já que, naquele momento, a partida estava sendo vencida pelos alemães por 2 a 1, e ficaria empatada.

Rosetti, que era considerado um dos principais árbitros da atualidade, também cometeu um erro grave em seu último jogo na Copa. Na partida entre México e Argentina, quando as equipes empatavam em 0 a 0, o juíz, assim como seus auxiliares, deixaram de dar um impedimento claro de Carlos Tevez, que, beneficiado pela posição de impedimento, colocou os argentinos em vantagem no placar.

A polêmica maior do lance se deu pelo fato de o replay do impedimento ter sido exibido no telão do estádio, mostrando para árbitros e torcedores que um erro havia sido cometido. Após o incidente, Rosetti conversou com seus auxiliares, mas decidiu por manter a decisão de dar o gol.

Os árbitros que seguirão na Copa, divididos por continentes, são os seguintes:. América do Sul Héctor Baldassi (Argentina) Pablo Pozo (Chile) Oscar Ruiz (Colômbia) CARLOS SIMON (BRASIL) Europa Olegário Benquerença (Portugal) Frank De Bleeckere (Bélgica) Viktor Kassai (Hungria) Wolfgang Stark (Alemanha) Alberto Undiano (Espanha) Howard Webb (Inglaterra) Oceania Michael Hester (Nova Zelândia) Concacaf Benito Archundia (México) Carlos Batres (Guatemala) Marco Antonio Rodríguez (México) África Jerome Damon (África do Sul) Eddy Maillet (Seychelles) Ásia Khalil Al-Ghamdi (Arábia Saudita) Ravshan Irmatov (Uzbequistão) Yuichi Nishimura (Japão).


Fonte: ig.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade