Uso racional de medicamentos

Use somente o necessário

Por Redação em 11/08/2010
nao. (Foto: Divulgação)
Uso racional de medicamentos

Tendo como parâmetro os gastos do Governo Municipal para fornecer medicamentos de forma gratuita à população conforme obrigação constitucional, Soledade oferece ainda (mais de trinta itens fora da lista básica do SUS) é uma das maiores preocupações da Secretaria de Saúde, que, por decorrência, teme pelo adiamento nos investimentos em outros setores, uma vez que o orçamento limitado, já supera o teto legal.

Entre as áreas que podem ser diretamente afetadas está o atendimento ao usuário em demandas, ambulatoriais, hospitalar em urgência e emergência e mesmo na aquisição de mão de obra e equipamentos especializados.

Ações vêm sendo estudadas para amenizar os prejuízos com o desperdício decorrente na dispensação dos medicamentos que em sua maioria não são utilizados adequadamente pelo usuário, desrespeitando a prescrição e orientação medica.

Através de uma reforma no planejamento, se espera atingir, ao menos em parte, os objetivos propostos, entre os quais estão o uso racional de medicamentos, a busca de uma economia custo/benefício interessante para o cidadão e para o município.

Remédio guardado em casa e sem uso, pode servir pra outra pessoa.
Remédio guardado em casa sem cuidado é um veneno. As crianças podem confundir com balas, doces ou outras guloseimas.

Entregue na Secretaria da Saúde aqueles remedios que você não está usando que será doado a quem está precisando.


Fonte: Mário Moreno

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade