Yeda entrega e autoriza obras rodoviárias orçadas em R$ 66,5 milhões

Por ASCOM RS em 22/05/2009

   

nao. (Foto: Itamar Aguiar / Palácio Piratini)
Yeda entrega e autoriza obras rodoviárias orçadas em R$ 66,5 milhões

A governadora Yeda Crusius entrega, nesta sexta-feira (22), um conjunto de obras rodoviárias e autoriza o início de outras na região Norte do Estado. No total, os empreendimentos são orçados em R$ 66,5 milhões e abrangem mais de 20 localidades.
Entre eles, estão obras que haviam sido paralisadas em gestões anteriores e foram retomadas pelo atual governo, em atendimento a reivindicações das comunidades - inclusive por meio da Consulta Popular. Além de garantirem maior segurança ao tráfego, vão facilitar o escoamento da produção econômica da região.

Às 10h30min, Yeda inaugura a pavimentação de 15,20 quilômetros da RSC-480, no trecho situado entre Barão do Cotegipe e São Valentim. Iniciado em 2001, o asfaltamento estava parado quando a governadora assumiu o Estado e pôde ser retomado em setembro de 2007.

O eixo da RSC-480 é uma das mais importantes alternativas de acesso do Rio Grande do Sul a Santa Catarina e favorece também os deslocamentos entre os dois estados para o Paraná e Mato Grosso do Sul. Até agora, foram aplicados R$ 20,7 milhões.

Às 11h30min, em São Valentim, a governadora libera a restauração de mais 42,50 quilômetros na RSC-480, no percurso entre o município e Goio-En. O custo da obra é de R$ 3,1 milhões.

Na mesma cerimônia, também será entregue um lote de outras rodovias recuperadas, com aplicação total de R$ 15,2 milhões. As obras fazem parte do projeto Estado na Estrada/Contratos de Restauração e Manutenção (Crema). Contemplam diversas localidades ao longo do traçado de dez rodovias: RS-126, 211, 331, 343, 426, 467, 469, 475, 477 e VRS-328.

Em Getúlio Vargas, às 14h30min, Yeda Crusius autoriza obras rodoviárias que totalizam R$ 27,5 milhões e terão efeitos importantes na melhoria da qualidade de vida das comunidades da região e ao tráfego de veículos. Serão beneficiados os municípios de Getúlio Vargas e Charrua e os localizados entre Passo Fundo e Erechim.

A primeira autorização é para asfaltamento de 20,12 quilômetros da RS-475, entre Getúlio Vargas e Charrua, orçado em R$ 17,6 milhões. Os serviços, iniciados em junho de 1998, estavam paralisados. A segunda abrange 72,24 quilômetros da RS-135, entre Passo Fundo e Erechim. Serão investidos na restauração R$ 9,9 milhões.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade