Ecologia, sustentabilidade e eficiência energética envolvem comunidade acadêmica da UPF

Público participou dos projetos da UPF e RGE

Por Redação em 10/09/2010
nao. (Foto: Fabio Rosso)
Ecologia, sustentabilidade e eficiência energética envolvem comunidade 
acadêmica da UPF

Um dia destinado a refletir sobre ecologia, meio ambiente, uso racional
de energia e sustentabilidade. Esse foi o espírito que tomou conta da
Universidade de Passo Fundo (UPF), nesta quinta-feira, 9 de setembro. A
instituição, em parceria com a Rio Grande Energia (RGE), Prefeitura
Municipal de Passo Fundo e 7ª Coordenadoria Regional de Educação
promoveu os projetos Ecologia no Campus e Ecologia na Escola, integrados
à iniciativa Caravana RGE – Educando para Eficiência.

O Centro de Ciências e Tecnologias Ambientais (CCTAM), o Museu
Zoobotânico Augusto Ruschi (Muzar), o Instituto de Ciências Biológicas,
a Faculdade de Direito e a Faculdade de Ciências Econômicas,
Administrativas e Contábeis organizaram o evento com a intenção de
integrar a comunidade. A professora Elisabeth Foschiera, membro do
CCTAM, explicou sobre a parceria com o projeto da RGE. “Avaliamos que
integrar os projetos iria contribuir para atingir os nossos objetivos. O
aluno aprende de uma forma multidisciplinar, participando e conhecendo a
vivência das atividades desenvolvidas pelas organizações”, destacou. De
acordo com a educadora, nas orientações são desenvolvidas pequenas
oficinas que abordam conteúdos relacionados à reciclagem, conhecimento
ecológico, entre outros.

O coordenador do Programa de Eficiência Energética da RGE Cristian
Sippel também lembrou o objetivo do projeto. “A ideia é educar para a
eficiência energética, ou seja, promover ações que conscientizem sobre
como evitar o desperdício de energia. As atividades fazem com que as
crianças e jovens aprendam se divertindo”, enfatizou. Segundo Sippel, as
atividades também possibilitam que os participantes apliquem o
conhecimento nas residências com a finalidade de reduzir o consumo de
energia e, consequentemente, os gastos financeiros.

Na ocasião, professores da UPF e região participaram de seminários e
oficinas que os capacitaram a repassar o aprendizado nas salas de aula.
Nas ações da Caravana RGE foi apresentado um espetáculo teatral com a
intenção de abordar as questões de eficiência energética de forma
lúdica. Os presentes também passaram pelo Túnel do Conhecimento, espaço
onde a comunidade entrou em contato com experimentos científicos, que
ensinaram desde a produção da eletricidade a outros assuntos
relacionados aos tipos de energia e suas características.

A estudante do Integrado UPF Marina Wollmann aprovou a programação. “É
interessante para ampliar nosso conhecimento. Hoje em dia, muitos dos
aspectos abordados no túnel, relacionados à economia de energia e
proteção ao meio ambiente, entre outros, não são praticados pelas
pessoas”, relatou.

O Projeto Caravana RGE – Educando para Eficiência, integrado aos
Projetos Ecologia no Campus e Ecologia na Escola fizeram parte da
programação do Seminário de Educação – Região Planalto. Apoiaram o
evento a Assembleia Permanente pela Preservação Ambiental, o Ministério
Público Estadual; Gesp; Convidas; Defap; Grupo de Apoio em Ciências
ambientais/convidas; Coletivo Educador do Planalto Médio Gaúcho; Fórum
Regional de Economia Popular Solidária; Caritas Diocesana; Faculdade de
Educação; Instituto de Ciências Biológicas; Instituto Menino Deus;
Appae; Coonalter; Balcão do Consumidor; e Casa Feac.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade