FAMV/UPF recebe grupo de pesquisadores americanos

Encontro serviu para a troca de informações sobre o cultivo da aveia

Por Redação em 05/10/2010
nao. (Foto: Fabiano Hoffmann / UPF)
FAMV/UPF recebe grupo de pesquisadores americanos

A Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade de Passo Fundo (FAMV/UPF) recebeu, na manhã desta segunda-feira, 4 de outubro, um grupo de professores pesquisadores de instituições de ensino da Flórida e da Louisiana, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e também integrantes da empresa Quaker, marca do grupo Pepsico. A visita teve como objetivo promover a troca de informações sobre o cultivo de aveia e materiais genéticos produzidos em cada instituição. O encontro aconteceu no campo experimental da UPF, no Campus I.

De acordo com a professora do curso de Agronomia da UPF, Nádia Lângaro, é gratificante receber os pesquisadores americanos que já estiveram na instituição em 2008. “Essa visita faz parte de uma parceria entre instituições na troca de informações, onde os pesquisadores nos enviam materiais cruzados de germoplasma. Esses materiais são posteriormente utilizados no programa de melhoramento genético de aveia, mantido há mais de 33 anos na UPF”, sintetizou.

O professor da UFRGS, Luiz Carlos Federizzi, explicou que a troca de materiais genéticos gera a produção de um produto de qualidade. “Os melhores materiais cultivados por aqui são enviados para os pesquisadores americanos que cruzam esses germoplasmas com outros de qualidade significativa. Assim todos ganham com essa troca de materiais que melhoram o cultivo da aveia lá nos Estados Unidos, no Brasil e também em outros países do mundo” concluiu.

Segundo o professor Stephen Harrison, da School of Plant, Environmental & Soil Sciences da Louisiana State University, o solo da região de Louisiana é parecido com o de Passo Fundo. “Os mesmos problemas como insetos e doenças são encontrados nos dois lugares. As instituições possuem bons programas de melhoramento do cultivo de aveia e a possibilidade da troca de ideias e material genético faz com que os dois sejam cada vez melhores” pontuou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade