Turismo visto como oportunidade de negócio e alternativa de renda foi a questão central de evento em Victor Graeff

Os eventos tiveram como objetivos de divulgar as potencialidades turísticas

Por Redação em 18/10/2010
nao. (Foto: Divulgação)
Turismo visto como oportunidade de negócio e alternativa de renda foi a questão central de evento em Victor Graeff

“Hoje o turismo rural vem despertando novas potencialidades, novos negócios no meio rural, integrando as questões ambientais, econômicas, sociais e culturais. Isso fortalece agricultura familiar, gerando maior renda”, disse a presidenta da Emater/RS, Águeda Marcéi Mezomo, que esteve presente no 2º Seminário Regional de Turismo e Meio Ambiente, 2ª Mostra de Turismo Rota das Terras e 1ª Jornada de Turismo. Os eventos, que aconteceram de forma conjunta, foram realizados nesta sexta-feira (15), no pavilhão evangélico do município de Victor Graeff.

Os eventos tiveram como objetivos de divulgar as potencialidades turísticas e qualificar os produtos turísticos. Para o prefeito anfitrião, Paulo Lopes Godói, seminários como esses são importantíssimos para encontrar formas de incrementar o turismo, em especial o rural. “Temos que ter consciência que o turismo não traz renda apenas para as pessoas e empresas ligadas diretamente ao setor, beneficia a toda a população”, avaliou Godói.

Participaram do evento cerca de 250 pessoas, de diversos municípios da região, que foram recepcionadas com um café da manhã a base de cuca com lingüiça, prato típico do município. Além disso, os participantes conferiram também as apresentações artísticas do Grupo de Danças Portal, do município de Tio Hugo, e do Coral Municipal Infanto Juvenil de Victor Graeff.

A palestra da manhã, ministrada por Bruno da Rosa do Distrito de Monte Verde, do município de Camanducaia/MG, enfatizou a cooperação para o desenvolvimento do turismo. “Para trazer, fomentar e desenvolver o turismo é preciso a união dos empresários ligados ao trade de cada destino. O poder público ajuda, mas quem traz, quem satisfaz e dá um bom atendimento ao turista é o empresário, através de seus estabelecimentos”, disse Rosa. Ele apresentou o Circuito Turístico Serras Verdes do Sul de Minas, um complexo que envolve 16 municípios e o distrito de Monte Verde. A gestão turística do Distrito de Monte Verde foi eleita a melhor do Brasil, no ano de 2010, por um estudo do Ministério do Turismo. “O segredo disso tudo é muito trabalho e união”, afirmou. Segundo ele, no meio rural há um diferencial que pode ser explorado que é a possibilidade de vivenciar o local do destino, ou seja, deixar o turista participar e visualizar as atividades da propriedade como tirar leite, plantar uma muda, colher uma fruta. “A Emater faz muito bem em investir e incentivar o turismo rural”, avaliou o palestrante.

O coordenador estadual do Turismo Rural da Emater/RS-Ascar, Flávio Calcanhoto, apresentou a logomarca do Turismo Rural Gaúcho, criada para identificar as ações do turismo rural no Estado. Segundo ele o turismo de cada região precisa ter a sua identidade. Na sequência, o representante da Quinta Estância Grande, de Viamão, Rafael Goelzer, apresentou a sua propriedade e a experiência dele e da família no ramo turístico.

Emoção e satisfação
Para Delci Gnich, uma das participantes do evento como ouvinte e como expositora, pois a sua propriedade faz parte da Rota Turística Caminho das Topiarias, Flores e Aromas de Victor Graeff, o turismo já faz parte da vida. “Há 12 anos começamos a desenvolver o turismo na nossa propriedade. Eu estava numa fase da vida que precisava fazer algo diferente. Comecei a participar de palestras, corri atrás das coisas. Tive o apoio muito grande da extensionista da Emater, que na época era a Rosmari Muneroli, a gente fazia a parte prática e ela fazia a parte técnica”, contou emocionada. Segundo ela, eventos como esses são tudo o que os envolvidos no turismo querem. “A gente sempre tem o que aprender e nunca pode parar. Eu me sinto muito feliz”, finalizou.

Avaliação
Para a extensionista de bem-estar social da Emater/RS-Ascar de Victor Graeff, Ana Maria Knoff, a motivação para realizar o evento foi de dar visibilidade às iniciativas que estão acontecendo no município e região. “Fazer um evento desses, trazer lideranças e pessoas envolvidas no setor são formas de estimular as iniciativas existentes, bem como mostrar aos gestores públicos que é uma atividade que vale a pena ser apoiada. Conseguimos mostrar que o município e a região têm potencial e oportunizamos a troca de experiências e ideias”, avaliou Ana Maria.

A promoção foi da Emater/RS-Ascar, Rota das Terras, Prefeitura de Victor Graeff, Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Alto Jacuí – Comaja e Caminho das Topiarias, Flores e Aromas. Com apoio da Associação dos Municípios do Alto Jacuí – Amaja, Conselho dos Dirigentes Municipais de Meio Ambiente, Cotrijal, Famurs, Setur/RS, Associação de Cuqueiras de Victor Graeff e Viveiro Verde de Ernestina.dcf

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade