Clássicos contemporâneos

Veja os 20 filmes que marcaram o início do século

Por Redação em 20/10/2010

   

nao. (Foto: Reprodução)
Clássicos contemporâneos

lássico que é clássico nem se discute. Experimente contrariar alguém que disser que os filmes de Sergio Leone ou Audrey Hepburn não são clássicos – é briga na certa! Isso porque as produções envolvendo estas duas figuras, especificamente, marcaram época ou revolucionaram-na.

No caso de Leone, por exemplo, ele praticamente inventou o estilo “western spaghetti”, com Clint Eastwood e Lee Van Cleef na maioria dos papéis. E a bonequinha de luxo...bem, nem precisa dizer muito, não é?

Mas e atualmente? Como encaixar algumas produções que já entram para o hall da fama e são tachadas de “clássicos” antes mesmo de saírem no cinema? Como pode, aliás, um filme moderno ser tachado de clássico? A explicação mais óbvia e tangente é de que um clássico não necessariamente deve ser antigo para ser clássico. É o caso do filme argentino O Segredo dos Seus Olhos, lançado no ano passado e vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Confira a lista dos 20 filmes dos anos 2000 mais importantes cultural e socialmente – até hoje, é claro!

1. Procurando Nemo, de Andrew Stanton (2003)
2. Fale Com Ela, de Pedro Almodóvar (2002)
3. Onde os Fracos Não têm Vez, de Joel e Ethan Coen (2007)
4. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, de Jean-Pierre Jeunet (2001)
5. Cidade de Deus, de Fernando Meirelles (2002)
6. Réquiem Para um Sonho, de Darren Aronofsky (2000)
7. Gladiador, de Ridley Scott (2000)
8. Amores Brutos, de Alejandro González Iñárritu (2000)
9. Kill Bill v. 1, de Quentin Tarantino (2003)
10. Dogville, de Lars Von Trier (2003)
11. E Sua Mãe Também, de Alfonso Cuarón (2001)
12. O Senhor dos Anéis (trilogia), de Peter Jackson (2001, 2002 e 2003)
13. As Invasões Bárbaras, de Denys Arcand (2003)
14. Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças, de Michel Gondry (2004)
15. Adeus, Lênin!, de Wolfgang Becker (2003)
16. O Filho da Noiva, de Juan José Campanella (2001)
17. Match Point, de Woody Allen (2005)
18. Mar Adentro, de Alejandro Amenábar (2004)
19. A Queda! As Últimas Horas de Hitler, de Oliver Hirschbiegel (2004)
20. Shrek, de Andew Adamson (2001)


Fonte: terra.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade