Show de Hermeto Pascoal encanta

“O Som Nosso de Cada Um por Hermeto Pascoal e Aline Moreno”

Por Redação em 29/10/2010

   

nao. (Foto: Bruno Quevedo)
Show de Hermeto Pascoal encanta

O encerramento da XII Semana Acadêmica da Faculdade de Artes e Comunicação (FAC) não poderia ter sido melhor: um dos mais respeitados nomes da MPB mostrou encanto e simplicidade num show inédito, na última sexta-feira (22), ao lado de Aline Morena, espécie de nova “alma gêmea” artística de Pascoal.
“O Som Nosso de Cada Um por Hermeto Pascoal e Aline Moreno” iniciou pouco depois das 20h da noite e, em pouco mais de uma hora de apresentação, mostrou porque Hermeto Pascoal já participou do Festival Internacional de Jazz, do Festival de Montreux, na Suíça e realizou inúmeros concertos no exterior (Suíça, Dinamarca e Inglaterra), fatos que consolidaram a carreira do cantor, compositor, arranjador e multi-instrumentista.
Os shows de Hermeto são conhecidos pela improvisação: o próprio Hermeto admite que não consegue lembrar do repertório e das músicas que toca em seus shows, pois a maior parte do que é apresentado é decidido minutos antes – e o show em Passo Fundo não foi diferente. Após a apresentação feita por um aluno do curso de Música da FAC, Aline Morena entrou no palco e encenou uma ligação ao telefone com Hermeto para, só então, o show iniciar. Não é só a improvisação que reina no espetáculo: o bom humor também costuma rechear os shows de Hermeto, que atualmente se apresenta com cinco formações (Hermeto Pascoal e Grupo, Hermeto Pascoal e Aline Morena, Hermeto Pascoal Solo, Hermeto Pascoal e Big Band e Hermeto Pascoal e Orquestra Sinfônica).
No transcorrer da apresentação pequenas pausas eram feitas para dialogar com o público e contar um pouco das histórias que ocorreram nos mais de 70 anos de carreira do multi-instrumentista. Músicas como “Casa de Xaquér” divertiram e colocaram à prova a agilidade do grande público presente, que teve de acompanhar a letra mais do que original: “Japé dadi dimi i que repito” [...].
Um dos pontos altos do show foi quando Hermeto mostrou porque é um dos grandes nomes da MPB. Sentado em frente ao piano, o músico anunciou a intenção: “Agora, vou tocar uma música improvisada”. Sem ensaio, sem planejamento prévio, no calor do momento, Pascoal fez sair das cordas do piano uma composição feita na hora, para grande alegria platéia. O grande diferencial do show começou quando ele utilizou seus instrumentos pouco convencionais: chaleira, bichos de pelúcia, pato de borracha e até água.
Ao final, depois de encantar o público com boa música e bom humor, Hermeto agradeceu a toda a organização da Semana Acadêmica e deixou, como mensagem, que as pessoas sejam felizes e que se dêem bem. Emocionou ainda mais quando desceu do palco e cantou, junto à platéia, a música de despedida que os presentes entoaram como um hino, até que o auditório da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (FEAC) estivesse vazio. Após, Hermeto e Aline receberam pessoas no camarim para autógrafos e fotos.
O show estava dentro da programação da XII Semana Acadêmica da FAC, que tinha como tema a Inovação e Sustentabilidade.


Fonte: Bruno Quevedo ( Estagiário do Núcleo de Jornalismo da AGECOM da UPF)

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade