Internet já atrapalhou namoro de um terço dos brasileiros

Muita gente usa a web para encontrar um amor ou matar a saudade. Mas mensagens de texto e redes sociais revelam quem sai da linha

Por Redação em 07/11/2010
nao. (Foto: Getty Images)
Internet já atrapalhou namoro de um terço dos brasileiros

Estar sempre conectado significa que o ambiente virtual passa a ser também um dos cenários onde se desenrolam parte dos relacionamentos amorosos: a internet pode ser onde um casal se conhece, o meio através do qual um dos pares resolve colocar um ponto final na relação ou até mesmo fonte de desentendimentos. Uma pesquisa realizada pela Nokia com uma amostragem de 601 brasileiros acima de 16 anos de todas as classes sociais mostra que o impacto das relações online é variado e bem integrado ao cotidiano.

Mais de um terço dos entrevistados (34%) respondeu, por exemplo, que a internet ou o celular já causou problemas de relacionamento para eles. O principal motivo de brigas, e até separações, apontado pelos usuários é encontrar mensagens suspeitas e ligações para números comprometedores no celular ou perfil do parceiro.

Claro que, para que isso aconteça, são necessárias pelo menos duas coisas: que os recados duvidosos estejam lá, e que namorados xeretem as contas uns dos outros. O percentual dos entrevistados que admitem a prática de dar uma espiadinha é quase idêntico ao dos que encontram problemas: 33%.

“Acho que é muito pessimismo dizer que ‘quem procura, acha’, mas foi o que aconteceu comigo”, conta o estudante Mário Carvalho. “Vi mensagens suspeitas no celular dela, confrontei e ela admitiu que estava gostando de outro”. Ele não está sozinho. “Já aconteceu comigo, terminei um relacionamento porque descobri no Facebook que ele paquerava outras”, diz a administradora Rosângela Carvalho. “Não me interessa se ele já saía com elas ou não, para mim aquele flerte já configura traição”.

A opinião de Rosângela sobre fidelidade na rede coincide com a da grande maioria dos entrevistados, homens e mulheres. Dar intimidade para outros online é considerado traição por 66% dos brasileiros. "As regras do que é ou não fidelidade pertencem a cada casal. Mas é muito comum que traição seja a quebra da cumplicidade, sem precisar haver sexo ou mesmo toque", explica a psicóloga Suely Martins. Por isso, não é surpresa que os apaixonados fiquem tão abalados com as paqueras online. E, às vezes, o problema é resolvido online mesmo: 15% já deram ou levaram um fora virtual de um amor real.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade