Granizo provoca estragos no interior do Estado

Em Floriano Peixoto, lavouras e pomares foram destruídos pelas pedras

Por Redação em 15/11/2010

   

nao. (Foto: Brigada Militar de Panambi / Divulgação)
Granizo provoca estragos no interior do Estado

A chuva de granizo provocou estragos em municípios do interior do Estado na tarde desta segunda-feira. O fenômeno, que atingiu cidades do Norte e Noroeste, destruiu lavouras em Floriano Peixoto e derrubou árvores em Panambi.

Nos municípios de Getúlio Vargas e Floriano Peixoto, o fenômeno começou por volta das 15h e destruiu plantações e pomares.

Em Getúlio Vargas, a precipitação durou 15 minutos, o suficiente para formar um tapete branco no chão. Não houve relatos de destelhamentos e prejuízos, segundo o Corpo de Bombeiros da cidade.

Em Floriano Peixoto o fenômeno foi mais intenso. Durante 20 minutos, as pedras caíram abundantemente arrasando uma faixa do município. Por onde passou, o temporal deixou pomares, parreirais e lavouras de soja recém cultivados destruídos pelas pedras.

— Parecia neve — contou o prefeito de Floriano Peixoto, Vilson Babicz.

O prefeito e secretários visitaram propriedades no meio rural e ainda realizam levantamento para apurar os prejuízos.

A dona de um restaurante no centro de Floriano registrou o fenômeno. Espantada, Beloni Pauletti, 36 anos disse que uma camada alta de pedras se formou no chão, resistindo, inclusive, à forte chuva que caiu em seguida.

— No Interior, não sobrou nada onde pegou a pedra — contou.

Com a chuva, duas árvores caíram sobre casas em Panambi

Por volta das 14h30min, por cerca de cinco minutos, choveu granizo em Panambi, no Noroeste. As pedras de gelo foram registradas apenas no lado sul do município, nos bairros Piratini, São Jorge, Alves Klessner e Jardim Paraguai.

Os bombeiros atenderam a 12 ocorrências relacionadas a granizo e ventos, como problemas em telhados. Duas árvores caíram sobre casas no bairro São Jorge, mas ninguém ficou ferido.

Na Serra, houve registro do fenômeno em Gramado em Canela, mas a Brigada Militar não registrou ocorrências de estragos.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade