Sobre a Páscoa

Significados e interpretações

Por Redação em 08/04/2009

   

sim. (Foto: Divulgação)
Sobre a Páscoa

A Quaresma é o tempo litúrgico de conversão, que a Igreja Católica, a Igreja Anglicana e algumas protestantes marcam para preparar os fiéis para a grande festa da Páscoa.

Os fiéis são convidados para um momento de reflexão, fazendo orações, jejum e solidariedade. Começa na quarta- feira de Cinzas e termina na tarde de quinta-feira santa, antes a Missa da Ceia do Senhor, que inicia o Tríduo Pascal.

A Quaresma dura 47 dias, embora para o calendário litúrgico os domingos não contem, perfazendo então 40 dias. A duração da Quaresma está baseada no simbolismo do número quarenta na Bíblia que significa provação. Nesta, fala-se dos quarenta dias do dilúvio, dos quarenta anos de peregrinação do povo judeu pelo deserto, dos quarenta dias de Moisés e de Elias na montanha, dos quarenta dias que Jesus passou no deserto antes de começar sua vida pública, dos 400 anos que durou o exílio dos judeus no Egito.

Há mais religiões que usam de um período para a purificação, pois fazem parte de alguma maneira da história, como os budistas, os judeus, todos os protestantes de correntes cristãs, até mesmo a umbanda fecha suas portas em respeito à este período, todos com diferentes aspectos entre si.

Porém existem crenças e religiões que não seguem estes dogmas. O Espiritismo é uma delas, eles não seguem as comemorações de Páscoa, claro que devido ao consumismo implantado nos dias de hoje as crianças não ficam sem o chocolate. Mas segundo os espíritas, a religião está além dos templos e comemorações, está dentro de cada um.

Há também aquelas religiões, como alguns evangélicos que apenas celebram a Páscoa, mas sem os ritos da Semana Santa. Entre os evangélicos, há ainda os que não comemoram nem um tipo de ritual, visto que cada congregação difere-se entre si.

O mais importante porém, não somente na Quaresma, acreditando ou não em tais crenças, refere-se na conscientização de cada um, de voltar-se mais ao interior de si e repensar sobre as atitudes que deveriam tornar o mundo de hoje mais solidário.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade