Bungee jumpings mais radicais do mundo

Listamos os locais mais radicais do mundo para saltar de bungee jumpings. Vai encarar a aventura?

Por Redação em 19/11/2010

   

nao. (Foto: Divulgação)
Bungee jumpings mais radicais do mundo

Saltar de bungee jump é encarar o vazio, com os tornozelos amarrados a uma corda elástica. Coragem é preciso, mas o salto também pode ser, além de uma experiência emocionante, uma forma de contemplar, por um ângulo único, algumas das paisagens mais bonitas e exóticas do mundo.

Aliar essa aventura a uma viagem, pode ser uma excelente maneira de fazer do passeio algo inesquecível. Junte sua dose extra de coragem e escolha o seu destino. Listamos os points mais radicais do mundo para quem quer "se jogar”.


ÁFRICA DO SUL

Onde: Bloukrans River Bridge
Uma ponte a 40 quilômetros de Plettenberg Bay, na África do Sul, é o paraíso para os mais aventureiros. Da Bloukrans River Bridge é possível saltar no vazio, a uma altura de 216 metros. Esse bungee jump é um dos maiores do mundo.

Amarrados por um cabo de aço, os corajosos passam cerca de 30 segundos curtindo a mais pura adrenalina. O cenário é a bela Floresta Tsitsikamma, área de parque nacional. Para se ter uma ideia, o parque abrange um trecho de 80 quilômetros da costa.

Mais informações: Fale Adrenalin
Horários: todos os dias, das 9 às 17h.
Preço: US$ 94,10 por salto.



AUSTRÁLIA

Onde: Cairns

A cerca de 15 quilômetros do centro da cidade de Cairns, em Queensland, em plena floresta tropical australiana, fica a torre de bungee jumping mais badalada da Austrália. A vista é belíssima e contempla a Grande Barreira de Corais, atração turística da região e o maior recife de coral do mundo, com aproximadamente 2.300 quilômetros.

A altura não é a das maiores (50 metros), mas a variedade de saltos – mais de 15 tipos diferentes – atrai muitos aventureiros. Entre os destaques está o salto conhecido como “molhado”, que tem como destino final um lago.

Mais informações: AJ Hackett
Horários: todos os dias, das 10 às 17h.
Preço: US$ 139,50 por salto.



CHINA

Onde: Macau Sky Tower
A China também está na lista dos países com os maiores bungee jumps do mundo. É possível saltar da Torre de Macau (Macau Sky Tower), a 233 metros de altura. Isso equivale a um prédio de 76 andares! A queda livre dura de quatro a cinco segundos, a 200 quilômetros por hora. Isso parece rápido demais, certo? Mas a emoção é enorme.

A torre foi inspirada na Sky Tower de Auckland, Nova Zelândia, que não por acaso é o país com mais tradição em bungee jump. A construção em Macau começou em 1998 e a torre de 338 metros foi inaugurada oficialmente em dezembro de 2001.

Mais informações: Macau Sky Tower
Horários: segunda a quinta, das 11h às 19h30; nas sextas, das 11h às 21h, e nos fins de semana, das 10h às 21h.
Preço: US$ 218 por salto. O segundo pulo sai a US$ 73. Inclui certificado do pulo e uma camiseta.


COSTA RICA

Onde: San Jose
Desde 1991 em atividade, o Tropical Bungee, em San Jose, Costa Rica, nasceu depois de uma visita do seu fundador, Victor Gallo, à Califórnia. O salto é dado na ponte do rio Colorado, a uma altura de pouco mais de 80 metros.

O cenário ao redor são as florestas tropicais da Costa Rica. Os fãs de adrenalina têm como opção um pacote completo de um dia inteiro, que inclui saltos de bungee jump, escalada e parapente, assim como transporte e alimentação.

Mais informações: Tropical Bungee
Horários: o ônibus, que é gratuito, sai diariamente às 8 e às 13h.
Preço: o primeiro salto custa US$ 65 e o segundo, US$ 30.


ESTADOS UNIDOS

Onde: Las Vegas

Um hotel em Las Vegas entrou para a lista dos bungee jumps mais impressionantes e altos do mundo. O Stratosphere lançou em 2010 o SkyJump Las Vegas, com 261 metros de altura, o que equivale a um prédio de 108 andares.

Os corajosos de plantão vão encarar uma velocidade de 18 metros por segundo durante a queda. A pessoa é levada para o topo do hotel através de uma máquina, com direito a aula antes do salto.

Mais informações: Sky Jump
Horários: de domingo a quinta, das 11 a 1h; sextas e sábados, das 11 às 2h.
Preço: US$ 99,99 por salto.



NOVA ZELÂNDIA

Onde: Nevis Valley, Gibbston, Queenstown
Se você quer tradição, tem que escolher saltar de bungee jump na Nova Zelândia. O primeiro salto do mundo, realizado por A. J. Hackett, em 1988, foi em Queenstown. Por causa disso, o local passou a ser referência quando o assunto é essa prática radical. Queenstown tem sete locais para saltos, com alturas variando de 41 a 134 metros.

O mais antigo do mundo, no entanto, muito procurado pelos aventureiros, é o Kawarau Bridge Bungy, que fica em uma ponte 43 metros acima do Rio Kawarau. As opções de salto são de frente, de costas, sozinho ou em dupla. É possível, ainda, escolher se quer passar perto da água, tocar nela ou até mergulhar no rio.

Mais informações: AJ Hackett
Horários: todos os dias, das 9 às 18h, no verão; e das 9h30 às 17h, no inverno.
Preço: US$ 140 por salto.



INDONÉSIA

Onde: Kuta Beach, Bali

Ele pode até não ser o mais famoso, mas com certeza é o mais badalado. Pelo menos, para os amantes de esportes radicais e baladas. Bali combina muito bem paisagens paradisíacas com baladas e aventura. E é lá que fica esse bungee jump, cuja torre de 45 metros foi construída aos pés do Double Six, clube noturno mais famoso da ilha na Indonésia.

O melhor de tudo é que, dependendo do horário, o salto será bem diferente. À tarde, sua vista será formada pelas belas praias cheias de surfistas. Se escolher o pôr-do-sol, a paisagem é deslumbrante, por motivos óbvios. E à noite ou de madrugada o salto é inusitado, já que você pula bem pertinho do “fervo” da balada.

Mais informações: AJ Hackett
Horários: todos os dias, das 12 às 20h; e às sextas e sábados também das 2 às 6h da manhã.
Preço: US$ 99 o salto, incluindo também certificado, camiseta e cartão de sócio.





SUÍÇA

Onde: Locarno
Quer dar uma de James Bond e reviver uma das cenas do filme Golden Eye? Em Locarno, na Suíça, isso é possível, mas é preciso ter coragem! O mergulho no nada que aparece no filme é feito ao longo da parede da barragem no vale Verzasca. A represa tem 220 metros e a queda dura cerca de 7,5 segundos.

Quem conseguir ficar de olhos abertos terá uma bela paisagem ao seu redor, com o Vale do Ticino, os Alpes e um rio com águas verdes-esmeralda ao fundo.

Mais informações: Golden Moments
Horários: disponível de abril até o final de outubro.
Preço: US$ 150 por salto.




BRASIL

Onde: Lençóis, Chapada Diamantina, Brasil

A Gruta do Lapão, em Lençóis, cidade da Chapada Diamantina, é o único lugar do Brasil em que é possível saltar de bungee jump na boca de uma caverna.

A plataforma é natural e, depois do salto, a pessoa é resgatada por meior de rapel. Ou seja, tem que ter coragem e também disposição. O visual, com a paisagem da Chapada Diamantina, é a grande recompensa. Durante o pulo, a adrenalina toma conta quando as copas das árvores e as pedras chegam pertinho do aventureiro.

Mais informações: Associação dos Condutores de Visitantes de Lençóis - (75) 3334-1425 - e também com condutores que promovem o passeio - (75) 3334-1597 / turismo@destinochapada.com.br

Horários: o horário é combinado diretamente com o condutor, na hora de marcar a data do passeio, mas, geralmente, ele ocupa um período inteiro (manhã ou tarde).

Preço: R$ 300 o salto, mas, dependendo do número de pessoas do grupo que forem saltar, esse preço ficar menor.





ZIMBABWE

Onde: Victoria Falls
Na fronteira do Zimbabwe com Zâmbia, nas proximidades de uma cachoeira, fica um salto de bungee jump belíssimo, na Victoria Falls Bridge. A queda de 166 metros se dá sobre as corredeiras do rio Zambeze.

Depois do salto, vale ainda dar uma olhada nas quedas d´água do lado de Zâmbia, ainda mais bonitas. Por isso, não se esqueça de levar o passaporte, para cruzar a fronteira.

Mais informações: Safari Par Excellence
Horários: todos os dias, das 9 às 17h.
Preço: US$ 115 por salto.



CANADÁ

Onde: Edmonton

O West Edmonton Mall, em Edmonton, Candá, entrou no Guinness Book como o maior shopping center do mundo. E, se você cansou de saltar de pontes, essa é uma boa chance de inovar: aqui o bungee jumping fica no interior desse enorme shopping.

Você abre mão de paisagens naturais incríveis, mas vive a experiência de saltar em piscinas do World Water Park, parque aquático que fica dentro do West Edmonton Mall. A ideia é que, no mesmo espaço físico, as pessoas possam passar a manhã praticando esportes radicais e que, ao final do dia, relaxem indo às compras, em um jantar ao no cinema.

Mais informações: Center of Gravity
Horários: em média, das 10 às 21h, mas o ideal é checar de acordo com a época da viagem, no site oficial.
Preço: US$ 75 por salto. Se duas pessoas saltarem juntas, o salto custa US$ 135.






* preços pesquisados em novembro/2010
* consulte as operadoras para saber a disponibilidade de vagas, possíveis taxas extras e formas de pagamento


Fonte: ig.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade