Prefeitos cobram revisão do Censo 2010 junto à coordenação estadual do IBGE

Por Redação em 22/11/2010
nao. (Foto: Fernando Rezende )
Prefeitos cobram revisão do Censo 2010 junto à coordenação estadual do IBGE

Prefeitos de 20 Municípios que correm o risco de perder recursos devido à diminuição da população, conforme apontado nos dados preliminares do Censo 2010, estiveram reunidos nesta segunda-feira, 22 de novembro, com membros da coordenação estadual do IBGE, no auditório do instituto. Liderados pelo presidente da FAMURS – Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul, Vilmar Perin Zanchin, os prefeitos lutam pela revisão dos dados. Os números oficiais do Censo 2010 devem ser divulgados no dia 27 de novembro, porém o prazo para contestar os números se encerra na quarta-feira, 24 de novembro.


De acordo com Zanchin, 20 Municípios com queda na população teriam a diminuição da transferência de recursos importantes, o principal deles o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) – Somados os outros repasses que tem como critério a população, os prejuízos chegariam a R$ 2,5 milhões em cada um dos Municípios nesta situação – afirmou.

Recepcionados pelo chefe de Unidade Estadual do IBGE, José Renato Braga de Almeida, os prefeitos apresentaram uma série de reivindicações, entre elas, a contagem dos moradores dos domicílios que não foram, efetivamente, recenseados.

Segundo Almeida, ainda existem 20.591 domicílios fechados no Estado, o que significa que o recenseador não conseguiu identificar nenhum morador em 0,49% da população do Estado – Nesses Municípios, que contam com domicílios fechados, será realizada uma compensação por estimativa – afirmou.

Os prefeitos também solicitaram ao IBGE que forneça a relação dos domicílios fechados, vagos e ocupacionais para que possam ser revisar os dados coletados e programar ações de emergência. Frente a este pleito, o chefe da Divisão Estadual do instituto afirmou que não cabe a superintendência regional decidir sobre a liberação destes dados.

De acordo com o presidente da FAMURS, os Municípios estão sendo orientados pela entidade para que entrem com processo administrativo contestando os dados. O prazo se encerra no dia 24 de novembro. Caso não consiga alterar o resultado, o Município pode entrar com novo recurso judicial.

- Não podemos permitir que nenhuma pessoa fique fora da contagem, a fim de que venha a prejudicar a população com a redução das transferências do FPM. Tomaremos todas as medidas para preservar o interesse dos Municípios. – Afirmou Zanchin.

Estiveram presentes durante o encontro os prefeitos de Tapes, Sylvio Tejada Xavier; Veranópolis, Waldemar de Carli; Soledade, Gelson Renato Cainelli; Três de Maio, Olívio José Casali; Nova Prata, Vitor Antonio Pletsh; Terra de Areia, Joelci da Rosa Jacobs. Também participara da reunião o coordenador técnico estadual do IBGE Angelino Soares Neto e Vanderlan Alves de Souza, coordenador operacional estadual do Censo 2010.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade