Vaqueanos da Cultura é o 8º melhor do Estado

Entidade esteve participando do Enart 2010

Por Redação em 30/11/2010

   

nao. (Foto: Divulgação)
Vaqueanos da Cultura é o 8º melhor do Estado

Com sete meses de preparação intensa, o Grupo de Arte Nativas Vaqueanos da Cultura conquistou, no final a semana passada, o 8º lugar na fase derradeira da categoria B, danças tradicionais do Enart 2010, realizado em Santa Cruz do Sul.

No sábado, 20, por volta de 1h, o GAN Vaqueanos da Cultura entrou no palco da Categoria B do ENART como a 8ª entidade a se apresentar, representando a 14ª RT, que há 15 anos não levava uma entidade à final. Na apresentação, que contou com a torcida dos pais de alguns integrantes, o grupo soledadense apresentou as danças sorteadas do Xote Inglês, Caranguejo e Xote Carreirinha, além de coreografias de entrada e saída. “Foi uma boa apresentação, ganhamos uma nota boa, nos classificamos em 14º lugar, alcançamos nosso objetivo traçado desde o início, que era de ficar entre os 15 melhores do Estado.

Estou muito feliz com o grupo” - afirmou o professor e dançarino, Daniel do Prado, minutos após o anúncio oficial, na madrugada de domingo, o que valeu a classificação do grupo para a final.

Praticamente sem dormir, pois após o anúncio, às 1h, o grupo se dirigiu até o local de hospedagem e ensaiou até as 3h, seguindo-se a preparação dos cabelos das prendas, uma vez que às 10h30min o GAN Vaqueanos da Cultura estaria novamente no palco da Força B como a segunda entidade a se apresentar.

Interpretando as danças novamente sorteadas, do Maçanico, Balaio e Tatu de Castanhola, o grupo, de novo, se superou, mostrou garra, determinação e consciência em cima do palco. “Sabia o que estava fazendo, restando esperar e ver a nota e a colocação. Tenho a certeza de que fomos muito bem” - exclamou o também professor e coreográfico, Sandro Nicoloso, ao término da apresentação B.

Obtendo nota 9,78, o grupo foi coroado com a 8ª colocação, dentre os 15 melhores do Estado, no concurso de Danças Tradicionais - Força B.”

Nossa, é um sonho! Está todo mundo de parabéns, o Vaqueanos provou, mais uma vez, que é grande e merece respeito” - destacou o patrão da entidade, Valdir Duks, durante a comemoração pela conquista.

Com essa colocação o GAN Vaqueanos da Cultura retoma o lugar de principal elenco adulto artístico da 14º RT, e figura novamente entre os melhores grupos de danças do Estado. “Agora, passada a euforia, conseguimos visualizar o tamanho da nossa conquista, depois de mais de 15 anos sem grupo na nossa região, mais de 20 anos sem o Vaqueanos dançar um Enart. Esse grupo ensaiou, lutou e conseguiu, estando todos de parabéns.” Assim disse à reportagem do IR, Daniel do Prado, na segunda-feira, em análise ao grande feito, antecipando que encerrado o “Projeto Enart 2010, com os objetivos alcançados, inicia-se o projeto Enart 2011, apontando novas metas. Já nos credenciamos a um dos favoritos para chegar forte em 2011, e é em cima disso que vamos trabalhar. Ser campeão das danças tradicionais força B, desde já, é nosso objetivo em 2011, para que em 2012 estejamos entre os 40 melhores da força A” – concluiu Prado.


Individuais também elevam a 14º RT no Enart 2010


Além do GAN Vaqueanos da Cultura, o casal Daniel do Prado e Giana Klein, na Dança de Salão, e Henrique Dias e Jonei Ratz, ambos na Declamação, representaram a 14º RT na final do Enart 2010.

Como de costume, a 14º RT é tradicional e forte nas modalidades campeiras, inclusive, sendo campeão nacional de laço na década de 90, mas também a declamação já conquistou o titulo de melhor do Estado, com o soledadense e representante do Vaqueanos da Cultura, Anderson Cardoso, e, em 2010, a tradição de bons declamadores retornou.

Henrique Dias e Jonei Ratz conquistaram na Inter de Soledade as vaga à final. No sábado, à noite, por volta das 23h e 24h, respectivamente, fizeram suas apresentações. “Foi bom, a poesia sorteada pela comissão é uma das minhas preferidas. Então, fui bem, acredito que interpretação foi boa” - destacou Henrique.

Ele, junto com Jonei, não conseguiu vaga entre os 15 melhores da categoria, que premiou seus vencedores no domingo. Já, o casal Daniel do Prado e Giana Klein, representando o GAN Vaqueanos da Cultura no concurso de Dança de Salão, ajudou a marcar definitivamente o retorno da 14ª RT ao cenário artístico do Estado. “Pegamos a polca, que é uma dança difícil na parte dos casais, mas dançamos bem. Não deu para classificar, mas só de estar na final e representar a região foi muito bom” - comentou Giana.

DTG Clube Juventude vence modalidade Danças do 25ª ENART

- Evento reuniu três mil competidores, durante o final de semana, em Santa Cruz -
 
O Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) anunciou na noite de domingo, 21/11, os vencedores do 25º Encontro de Artes e Tradição Gaúcha. O Troféu Marca Grande, entregue à Região Tradicionalista (RT), com maior número de pontos, foi para a 25ª Região Tradicionalista. O campeão da modalidade Danças Tradicionais – Força A - foi o DTG Clube Juventude, de Alegrete, 4ª Região Tradicionalista. Já, na Força B, o vencedor foi o CTG Caminhos do Pampa, de Porto Alegre, 1ª Região Tradicionalista, que automaticamente foi inscrito para a disputa na categoria A em 2011. Também foram premiados o CTG Rancho da Saudade, como Grupo mais Popular, e o CTG Adaga Velha, de Rosário do Sul, da 18ª RT, como melhor acampamento.

A edição de jubileu de prata contou com a participação de mais de 180 entidades tradicionalistas e mais de 80 cidades do Rio Grande. Foram cerca de três mil participantes em 23 modalidades de competição.

Paralelamente ao evento, ocorreu a 11ª Mostra Folclórica, vencida pela 7ª Região Tradicionalista, na categoria Prenda, e pela 18ª RT, na categoria Peão, além do lançamento do livro “Tchêncontro Estadual da Juventude Gaúcha 1989 – 2010.”


Fonte: André Vicari / Informativo Regional

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade