Tapera encaminha projeto da Patrulha Comunitária Rural nos moldes de Soledade

Patrulha de Soledade é considerada como referência no Estado

Por Redação em 05/12/2010
nao. (Foto: Divulgação)
Tapera encaminha projeto da Patrulha Comunitária Rural nos moldes de Soledade

O sonho antigo de um patrulhamento no interior começa a se transformar em realidade em Tapera. No dia 30 de novembro foi dado o primeiro passo para a implementação desse projeto que objetiva promover mais segurança ao homem do campo, evitando roubos de toda a ordem, como abigeatos e ataques as propriedades rurais, através de policiamento preventivo e ostensivo da Brigada Militar.

Por iniciativa do Sindicato Rural de Tapera e Selbach com o apoio da Prefeitura de Tapera, na sexta-feira, 03/12, aconteceu uma reunião na Câmara Municipal de Vereadores de Tapera, quando o projeto da Policia Cidadã da Brigada Militar foi explanado pelo Tenente Graeff, Capitão Ceolan e pelo Comandante da Brigada Militar local, Tenente Roger.

O projeto já está implantado na região de Soledade e os resultados são animadores, tendo reduzido substancialmente o número de ocorrências no interior dos municípios desta região, conforme mapeamento feito pela Brigada Militar.

Conforme a explanação do Tenente Graeff, o trabalho é baseado no relacionamento e integração entre a polícia e a população que só traz benefícios à comunidade. O prefeito Ireneu Orth deu seu aval destacando que o projeto é importante porque enseja a participação da população do interior de forma efetiva, que passará a fornecer informações de possíveis ocorrências ou de presença de estranhos nas comunidades.

Através de vários telefones que são colocados à disposição, os moradores do interior passam a interagir de forma constante com a estrutura montada pela Brigada Militar. Entre as ações da Patrulha Comunitária Rural, estão à instalação de barreiras, patrulhamento e inspeções de locais.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade