Yeda entrega chave da Penitenciária de Guaíba ao futuro governador durante visita ao Palácio

A organização das celas atende a um novo padrão que permite o distanciamento entre os presos e os agentes

Por Redação em 30/12/2010
nao. (Foto: Divulgação)
Yeda entrega chave da Penitenciária de Guaíba ao futuro governador durante visita ao Palácio

A Chefe do Executivo recebeu, nesta quinta-feira (30), o governador eleito Tarso Genro para apresentar as dependências do Palácio Piratini. Durante o percurso, Yeda mostrou todos os setores do Palácio, demonstrando onde as reformas foram feitas, o que foi revitalizado, ala residencial, terraço, jardins, casa militar, comunicação social.

O encontro ocorreu cordialmente. A primeira governadora mulher do Estado aproveitou o encontro para entregar a chave e o controle do portão da penitenciaria feminina de Guaíba a Tarso. A Penitenciária Feminina de Guaíba recebeu investimentos de R$ 22,7 milhões. Localizada próxima as margens da BR-290, o local vai acolher 384 vagas coletivas, sendo 16 individuais e 32 vagas de maternidade.

Além das celas, o complexo conta com alojamento materno-infantil (0 a 6 meses), berçário e creche (6 a12 anos), ambulatório, cozinha e lavanderia. A organização das celas atende a um novo padrão que permite o distanciamento entre os presos e os agentes. Os trabalhos começaram em 15 de junho de 2010, e encerraram no dia 10 de dezembro de 2010.

Durante a visita, acompanharam Yeda Crusius, o secretário da Infraestutura e Logisitica, Daniel Andrade, a secretária-geral de Governo, Ana Pellini, o Chefe da Casa Civil, Bercilio Silva, o Chefe da Casa Militar, tenente-coronel Abel Monteiro, e do Secretário da Transparência e Probidade Administrativa, Francisco Luçardo. Já o governador eleito Tarso Genro estava acompanhado do seu vice, Beto Grill, do futuro chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, do chefe da Casa Militar, Coronel Leandro Ribeiro Fonseca, além de seus assessores.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade