Reunião cria Comissão de Habitação

Por Redação em 15/02/2011
nao. (Foto: Divulgação)
Reunião cria Comissão de Habitação

Com o intuito de acertar os detalhes sobre a construção das 30 moradias liberadas para o município de Fontoura Xavier do Programa Minha Casa Minha Vida, foi realizado na última quarta-feira (10), na Câmara de Vereadores, uma reunião com a Cooperativa de Habitação dos Agricultores Familiares (Cooperahf), Sindicato dos Trabalhadores Rurais, setor de habitação da Prefeitura Municipal de Fontoura Xavier e beneficiários pelo programa.

Na oportunidade foram apresentados aos beneficiários as definições da reunião técnica com as entidades, realizada no dia 26 de janeiro, tais como as condições da construção das moradias e da decisão de criação de uma comissão de habitação. Em relação às moradias, foi definido que todas terão reboco, forro, lajota no banheiro e na cozinha, aberturas pintadas entre outras especificações.

A comissão de habitação terá a função de fiscalizar a construtora e buscar soluções para os problemas que podem surgir no decorrer dos dias. Fazem parte da comissão Sandra Mara Garcias, Aline Teles Borba, Gilberto Marques Brizola e Evandro Tonelli da Cunha.

O programa tem como executor dos projetos a Cooperahf, como entidade financeira o Sicredi e como parceira a Prefeitura Municipal. A construção das 30 moradias é feita através de um convênio com a União e com o governo do Estado. O recurso total para construção das residências repassado da União é de R$ 360 mil por meio do ministério das Cidades e R$90 mil do Estado por meio da Secretaria de Habitação, Saneamento e Desenvolvimento Urbano (SEHADUR).

O tamanho das residências varia de acordo com a contrapartida do beneficiário, como por exemplo, a família que depositou R$3 mil terá uma casa de 39m², ou 45m² com contrapartida de aproximadamente R$10 mil.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade