Como perder seu emprego no Twitter

Muita gente usa as redes sociais como se fosse mesa de bar: fala o que vem na cabeça, sem se preocupar com as consequências…

Por Redação em 21/02/2011
nao. (Foto: Reprodução)
Como perder seu emprego no Twitter

Você é daqueles que usam o Twitter e o Facebook para fazer todo tipo de piadinha? Até as mais “politicamente incorretas”? Pois saiba que seu emprego pode estar em perigo. Uma pesquisa da empresa de segurança de e-mail Proofpoint, publicada no site IDG Now!, mostra que 20% das companhias entrevistadas já tiveram que advertir seus empregados pelo chamado “mau uso” das redes sociais. E não para por aqui. Em 7% das empresas pesquisadas, funcionários foram demitidos por esse motivo. Já há até grupos de “vítimas das redes sociais”. É o caso do “Fired because of Facebook” (demitido por causa do Facebook).

Recentemente, uma servidora do STF causou uma saia justa ao usar não o seu perfil, mas o do próprio Supremo no Twitter para publicar uma brincadeira com o presidente do senado, José Sarney. Inspirada pela despedida de Ronaldo “Fenômeno” do Corinthians, ela aproveitou para perguntar quando Sarney vai pendurar suas chuteiras. Nem precisa dizer que ela foi “afastada”.

Além de perder o emprego, o uso inadequado do Twitter pode até terminar em pancadaria. Foi o que aconteceu com o fotógrafo Thiago Vieira, que trabalhava no jornal Agora. Em janeiro, ele cobria as eleições no Palmeiras e escreveu um comentário polêmico em sua conta no microblog: “Enquanto os porcos não se decidem poderiam mandar mais lanchinhos e refrigerante pra imprensa q assiste ao jogo do timão na sala de imprensa.” (sic). E foi além: “esperando os porcos decidirem se são porcos ou gente”.

Pouco depois da publicação, a então diretoria do Palmeiras foi procurar o fotógrafo, acompanhada de alguns seguranças. Vieira chegou a ser agredido com um soco antes de ser retirado do centro de treinamento do clube. E não trabalha mais para o jornal.

Como muita gente trata seu espaço nas redes sociais como se estivesse na mesa do bar com os amigos, aqui vão algumas dicas, que podem salvar empregos ou mesmo a sua reputação:

1) Não critique sua empresa ou colegas de trabalho em seu perfil público. Parece o óbvio ululante, mas muita gente simplesmente não sabe configurar os recursos de privacidade nas redes sociais e deixa todo o tipo de comentário disponível para qualquer um que acesse a página. Resultado: seu chefe pode não gostar de saber o que você realmente pensa dele.

2) Foi na balada, tomou todas e fez várias fotos “radicais”? Resista à tentação de publicá-las em sua página no Facebook ou em outras redes. Muitas empresas adotam o costume de buscar informações sobre candidatos nesses sites. Imagens comprometedoras podem queimar o seu filme…

3) Mantenha distância da conta de Twitter da sua empresa. Se você tem a senha do perfil oficial da sua companhia, nem pense em usá-la para brincadeiras. Se for o responsável pela atualização dela, lembre sempre de checar se não está conectado automaticamente ao perfil da empresa. Caso contrário, você pode achar que está no seu perfil pessoal, mas está publicando na página da companhia.


Fonte: yahoo.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade