UPF lança jubileu de ouro da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária

Programação, que se estende durante todo o ano, foi apresentada durante a Expodireto, com a presença de convidados

Por Redação em 18/03/2011

   

nao. (Foto: Maria Joana Chaise)
UPF lança jubileu de ouro da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária

Do início difícil na década de 1960, quando sonhadores imaginaram um curso de Agronomia no interior do estado, passando por uma nevasca que derrubou o prédio em 1965 e o fechamento do curso por diversas vezes também nos anos 60, até chegar à criação do curso de Medicina Veterinária, à implantação da pós-graduação e estar entre as melhores faculdades do país, o caminho foi longo. Para marcar mais um passo na história e reconhecer o esforço de todos os que contribuíram com o desenvolvimento da Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária (FAMV) da Universidade de Passo Fundo (UPF) foram lançadas nesta quarta-feira, 16 de março, as comemorações do jubileu de ouro da unidade acadêmica. O local para apresentar a programação comemorativa foi o estande da UPF na Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque. Autoridades, professores, ex-professores, alunos, ex-alunos e convidados prestigiaram o evento.

A programação alusiva aos 50 anos terá atividades durante todo este ano. Ganha destaque a concessão do título de Doutor Honoris Causa da UPF, no dia 26 de abril, ao ex-ministro da Agricultura e paraninfo da primeira turma a colar grau no curso de Agronomia da UPF em 1971, Luiz Fernando Cirne Lima. Ainda em abril, acontece na UPF a 31ª Reunião da Comissão Brasileira de Pesquisa em Aveia e o IV Simpósio Sobre o Uso da Água na Agricultura; em maio, a semana acadêmica da FAMV e o jantar-baile de homenagens, no Clube Comercial. Estão incluídos na programação o lançamento de um livro comemorativo, a realização da V Agrotecno Leite e um show de encerramento.

No dia 26 de maio de 1961 tiveram início as atividades da FAMV, completando em 2011, portanto, 50 anos de contribuição nas áreas de ensino, pesquisa e extensão e desempenhando um importante papel no cenário do agronegócio para a região. A faculdade conta atualmente com 1300 alunos nos cursos de graduação, mestrado, doutorado e estágio pós-doutoral.

O reitor da UPF José Carlos Carles de Souza destacou a satisfação em realizar o lançamento das comemorações em um local especial, a Expodireto Cotrijal e na presença de profissionais que iniciaram sua formação na UPF. De acordo com ele, a criação do curso de Agronomia e posteriormente de Medicina Veterinária representa a história do crescimento e do desenvolvimento da área agrícola de todo o Brasil. O reitor enfatizou a importância da tecnologia e inovação na área e fez o reconhecimento público, em nome da UPF, da importância da unidade acadêmica. “A nossa história é muito rica e deve ser compartilhada com toda a sociedade”, considerou, estendendo os cumprimentos a todos os profissionais que se dedicam às atividades ligadas ao agronegócio.

O diretor da FAMV Hélio Rocha lembrou de momentos históricos marcantes e dos sonhadores, que imaginaram e implementaram o curso de Agronomia há 50 anos. Segundo Rocha, os desafios foram constantes, mas acompanhados por conquistas, como a criação do curso de Medicina Veterinária em 1996. Neste mesmo ano surgia o sonho da pós-graduação, com a criação do Mestrado em Agronomia, que mais tarde, em 2004, serviu de base para o doutorado e, em 2010, para a implantação do treinamento pós-doutoral. O diretor pontuou também a premiação recebida em 2008, 2009 e 2010, da Editora Abril, que apontou a UPF como Melhor Universidade na área de Meio Ambiente e Ciências Agrárias. Ele agradeceu aos que fizeram parte da história, aos que se envolveram nas comemorações do jubileu e convidou todos para a programação alusiva durante este ano.

O presidente da Expodireto Nei Mânica ressaltou a parceria de longa data estabelecida com a UPF que, segundo ele, se consolida e fortalece cada vez mais. “Mais de 80% dos nossos colaboradores da área técnica e veterinária são graduados pela UPF. Além disso, incentivamos os colaboradores a realizarem cursos nessa importante instituição no cenário do agronegócio brasileiro”, comentou.

O prefeito de Não-Me-Toque Antônio Vicente Piva reiterou que a região se orgulha da UPF, referência na área do conhecimento. “Nós administradores temos responsabilidade com a formação e qualificação dos nossos jovens, com a geração de qualidade de empregos e a UPF é parceira disso com o seu ensino, a sua pesquisa, a sua pós-graduação”, justificou.

Percurso histórico
Os participantes do lançamento da programação conheceram um pouco mais da história da FAMV, contada por meio de um percurso histórico, no estande da UPF. Na oportunidade, foi distribuído um jornal e cortado o bolo, símbolo da comemoração. Entre as autoridades presentes estavam também o representante da Fundação UPF Edson Bortoluzzi; os vice-reitores de Graduação Neusa Terezinha Henriques Rocha; de Pesquisa e Pós-Graduação Leonardo José Gil Barcellos; de Extensão e Assuntos Comunitários Lorena Consalter Geib; e Administrativo Agenor Dias de Meira Júnior; o presidente da Câmara de Vereadores de Não-Me-Toque Gilson dos Santos; a presidente da comissão organizadora dos 50 anos Lisete Augustin; o presidente da Emater Regional Milton Rossetto; ex e atuais diretores, professores e alunos. Uma apresentação especial do Coral Universitário também integrou a programação.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade