União e Movimentação Regional pela UDESB/UFSM em Soledade

Por Marilei Pessatti em 15/04/2011

   

nao. (Foto: Maurício Orsolin)
União e Movimentação Regional pela UDESB/UFSM em Soledade

Soledade deu mais um passo para se tornar a sede da Unidade Descentralizada de Ensino Superior do Botucaraí da Universidade Federal de Santa Maria (UDESB/UFSM). Na tarde de 14 de abril, quinta-feira, uma comissão esteve na reitoria da UFSM para discutir os avanços no processo de instalação.

A comissão, recebida pelo Reitor e Vice-reitor da UFSM, Felipe Muller e Dalvan José Reinert, compunha-se pelo Prefeito de Soledade, Gelson Renato Cainelli, pelo Presidente da comissão pró-instalação da UDESB em Soledade, Roberto Carlos Iopp, pelo Prefeito de Barros Cassal e Vice-presidente do Corede, Ivo Francisco Fach e pelo representante da AVASBI, Hélio Quaresmim de Oliveira. Também pelo Presidente da Câmara de Vereadores de Soledade, Juvenal Marques de Almeida, pelo Vereador João Francisco dos Santos, pelo Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Espumoso, Jair Rizzi, pela representante da I.E.E. Dr. Ruy Piegas da Silveira, Izar Teichmann, pelo representante dos estudantes do Ensino Médio, Jonatan Palla, pelo representante do Ceus, Lucas Oliveira Bicudo e pelo Presidente da Acis, Marcos Vinicius Donaduce. Também se fez presente o Secretário Adjunto da Secretaria do Estado do Gabinete dos Prefeitos do Rio Grande do Sul e Relações Federativas, Gilson de Brum, representando o Secretário Titular, Afonso Motta.

Conforme Muller, Soledade já está bem adiantada no processo, com um bom plano, bastando apenas o envio de um projeto que aponte as condições de infraestrutura, o comprometimento e as possíveis contrapartidas do Município. Para o MEC são necessários “sinais de boa vontade” em relação à logística, cessão de áreas (provisória e fixa), acessos ao campus, urbanização, linhas de transporte, alimentação e moradia que atendam acadêmicos, professores e funcionários. Cainelli afirmou que Soledade já tem iniciativas amparadas pelo legislativo para suprir essas exigências. Ressaltou que tanto os investimentos quanto as conquistas serão partilhadas de forma unificada na busca de um crescimento conjunto, “queremos, como região, mostrar que estamos unidos e preparados para receber a UDESB/UFSM”. O Prefeito também fez alusão ao apoio do Governador Tarso Genro, que entende positivamente a vinda da Unidade para a região visto que contempla uma vasta área carente de uma Universidade Pública. Opinião reiterada na ocasião por Brum, que afirma que o Estado não tem dúvidas sobre a escolha de Soledade. Iopp lembrou que a cidade foi escolhida para sediar a iniciativa através de uma decisão regional que analisou diversos fatores. Cobrou de todos os envolvidos comprometimento e definições, além de prazos para a entrega da proposta para o MEC. E afirmou que as próximas ações serão voltadas para o planejamento junto à comissão de pró-instalação, COREDE Botucaraí, AMASBI e AVASBI.

A comissão solicitou a presença da UFSM, através da visita do Reitor e Vice-reitor, para conhecer o Município e avaliar as condições de infraestrutura e urbanização. O encontro ficou pré-agendado para o início de maio, ocasião da Exposol. O Reitor encerrou o encontro afirmando o interesse na parceria por parte da instituição, “eu não preciso mais ser convencido! O projeto para Soledade é bom, mas o poder de decisão é do MEC, que define onde e o que implantar”.

A comissão pró-instalação da UDESB em Soledade e os representantes do COREDE Botucaraí, da AMASBI e da AVASBI vão estar reunidos na próxima semana para dar continuidade as tratativas e acertos relativos ao projeto solicitado pelo MEC.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade