Mais de 40% dos contribuintes ainda não enviaram declaração do IR

Questionário de obrigatoriedade criado pela Receita Federal ajuda a saber se a pessoa está obrigada a declarar o IR

Por Redação em 25/04/2011

   

nao. (Foto: Divulgação)
Mais de 40% dos contribuintes ainda não enviaram declaração do IR

O número de declarações do Imposto de Renda entregues até o final do feriadão da Semana Santa ficou abaixo da estimativa da Receita Federal, que era atingir a marca dos 14 milhões até domingo. Até as 9h desta segunda-feira, 13,497 milhões de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 foram enviadas à Receita. O número representa 56,23% do total esperado (24 milhões) até o dia 29 de abril, quando termina o prazo de entrega.

O plantão de dúvidas da Receita voltou a funcionar nesta segunda-feira. Os atendimentos tinham sido suspensos devido ao feriadão de Páscoa. O atendimento pelo telefone 146 funciona 24 horas. Já o atendimento presencial nas unidades da Receita vai das 8h às 20h.

Outra saída para o contribuinte com dúvidas é responder ao Questionário de Obrigatoriedade criado pela Receita Federal, que ajuda a saber se a pessoa está obrigada a declarar. Um tutorial também está disponível no site com orientações sobre todas as etapas, desde o download do programa gerador até a restituição do imposto ou eventuais pendências e regularizações.

A multa mínima para quem não entregar a declaração até o dia 29 deste mês é de R$ 165,74 e o máximo, de 20% do imposto devido.

As declarações só podem ser preenchidas este ano por meio de aplicativo próprio disponível no site da Receita Federal na internet. Depois de preenchida, a declaração deve ser enviada ao Fisco também pela internet, com o uso de outro aplicativo, conhecido como Receitanet. O contribuinte pode ainda optar por entregá-la em disquete nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

O prazo de envio termina às 23h59min59 do dia 29, horário de Brasília.


Fonte: ig.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade