Predras Preciosas destacam a Exposol como uma das mais belas feiras do Estado

O setor também realizará, na tarde de sábado e domingo (7 e 8) desfiles de jóias de empresas expositoras na feira.

Por Agência Mídia em 28/04/2011

   

nao. (Foto: Mariana Teixeira / Arquivo)
Predras Preciosas destacam a Exposol como uma das mais belas feiras do Estado

Estruturada através dos coordenadores Ivanir Lodi, Jacqueline Malmann, Aline Lodi e Fernando Lodi, a Feira Internacional de Pedras Preciosas, em sua 11ª edição, promete repetir o sucesso de público e negociações dos anos anteriores, quando os mais variados e estilosos produtos relacionados à gemas e minerais, de excepcional beleza e de qualidade ímpar, estarão em exibição de 4 a 8 de maio, durante a Exposol 2011.

Serão 90 estandes empresariais e 10 institucionais dispostos no pavilhão, representados através de 70 empresas expositoras de diversas cidades do Estado, Brasil e de países vizinhos. Todos estarão mostrando peças elaboradas com excepcional trabalho, primando pela valorização das pedras preciosas, como ametistas, citrinos, ágatas, calcitas e muitos outros minerais, seja em jóias, artefatos de decoração, ou ainda em material bruto.

Dentro da Programação da Feira Internacional de Pedras Preciosas acontecerá, na manhã de quarta (04/05) a Rodada de Negócios realizada pelo SEBRAE, com as empresas participantes do APL (Arranjo Produtivo Local) de Gemas e Joias. Durante a feira o destaque fica por conta do Fórum Regional de Resíduos das Indústrias de Pedras Preciosas, quando empresários, funcionários, estudantes e público em geral debaterão sobre os impactos dos resíduos líquidos e sólidos no meio ambiente, em especial, nos mananciais d'água.

O setor também realizará, na tarde de sábado e domingo (7 e 8) desfiles de jóias de empresas expositoras na feira.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade