Suvenires alternativos do casal real viram moda entre britânicos

A realeza não virou uma tradição ultrapassada

Por Redação em 28/04/2011

   

nao. (Foto: Divulgação)
Suvenires alternativos do casal real viram moda entre britânicos

Enquanto os turistas se esbaldam comprando suvenires do casamento real no centro de Londres, grande parte dos britânicos tem optado por produtos não convencionais para guardar como recordação do dia 29 de abril de 2011. A febre do momento entre os jovens ingleses são os artigos que retratam o príncipe William e Kate Middleton de forma irreverente e, de preferência, sem agressividade.

Apesar de muitos reclamarem da monarquia, a grande maioria dos britânicos ainda é a favor da realeza. E o casamento da próxima sexta-feira é visto como mais um grande evento para afirmar o orgulho patriótico local. É o que garante o empresário Noah Crutchfield, proprietário da Maiden Shop, localizada no leste de Londres, região que atualmente concentra artistas, designers e músicos.

A loja preparou uma sessão especial com suvenires do casamento real e teve crescimento significativo nas vendas das últimas semanas. A ideia é oferecer produtos que não existem no centro de Londres.

"Nossa intenção era preparar artigos que não fossem tão sérios, mas que, ao mesmo tempo, também não fossem rudes. Nós não somos contra a família real. Pelo contrário, temos muito orgulho de William e Kate e o que eles estão fazendo pelo país", diz Noah.

Por isso, até mesmo as canecas ilustradas que enfeitam as prateleiras da Maiden Shop são produzidas no Reino Unido, "ao contrário dos produtos chineses que estamos acostumados a ver por aí", ironiza o comerciante.

"Só em toalhas de chá, com uma arte especial sobre as fotos de William e Kate, vendemos cerca de 500 peças", comemora. Os artigos oferecidos na loja tiveram grande aceitação entre os britânicos. Segundo Noah, 90% de seus clientes são moradores de Londres que circulam pela região, próxima ao centro financeiro da cidade.

Além dos suvenires com imagens do casal real, a loja também tem produtos da época dos pais do noivo. "Nós decidimos comparar e contrastar dois casamentos reais. Por isso, fizemos uma busca por artigos originais do casamento de Charles e Diana. Todos os produtos são de 1981 e nunca foram usados", afirma o proprietário que adquiriu as peças em leilões na internet, de colecionadores e em antiquários. "A intenção é brincar com a nossa cultura popular. Fazer as pessoas sorrirem com os produtos e refletirem sobre a sociedade britânica. Tudo com senso de humor".

Noah Crutchfield ainda destaca que a união de William e Kate será um evento muito importante para o Reino Unido e que a população está bastante animada. Para ele, a realeza não virou uma tradição ultrapassada.

"Todo mundo gosta de casamento. Eles não são meus parentes, mas são a família real do meu país. Como britânico, acho importante participar desse evento. Porque em ocasiões como essa, o espírito de união do país aparece. Nós não somos tão patriotas como os franceses, ou até mesmo os brasileiros, por isso é uma boa ocasião para pendurar uma bandeira britânica na janela", completa.


Fonte: terra.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade