Agricultura de Precisão esteve em pauta no 1º Ciclo de Palestras

A tecnologia aliada ao produtor para buscar um maior rendimento da lavoura

Por Maurício Orsolin em 14/05/2011

   

(Foto: Mauricio Orsolin / ClicSoledade)
Agricultura de Precisão esteve em pauta no 1º Ciclo de Palestras

As discussões no segundo e último dia, 13/05, do 1º Ciclo de Palestras sobre a Agricultura, realizado no Centro Cultural em Soledade, giraram em torno da “Difusão de Tecnologia de Precisão”, com a participação de dois painelistas, Vinicius Ottoni, técnico agrícola, professore e produtor rural e Cristiano Paim Buss, gestor de tecnologia da Stara e membro da Comissão Brasileira da Agricultura de Precisão.

O primeiro relatou a experiência da utilização da Agricultura de Precisão na propriedade rural de Hilário Ottoni, em Soledade, onde a tecnologia foi utilizada e aliada a produção trouxe um resultado positivo. Conforme Vinícius, todo produtor pode trabalhar com a agricultura de precisão, devendo se observar algumas situações como a tecnologia a ser aplicada, a regulagem na hora do plantio, a colheita e os tipos de perda, que resultará em uma maior produtividade.

Ainda segundo o técnico agrícola, o produtor soledadense faz o plantio direto, no entanto pouco aplica a agricultura de precisão, obtendo assim diferentes índices de produtividade em uma mesma lavoura.

O segundo painelista apresentou as novidades tecnológicas da Agricultura de Precisão, especialmente no que diz respeito ao “Projeto Aquarius”, que iniciou em 1999 e considerado pioneiro na implantação e difusão desta tecnologia nas lavouras do Brasil. De acordo com Cristiano, o objetivo deste projeto é de mostrar para o produtor onde melhorar dentro de uma mesma área, sendo que no início podia se levar até seis anos para corrigir uma área, situação esta que foi reduzida significativamente nos dias atuais.

Apesar da agricultura de precisão não atingir um número elevado de produtores, cerca de 700 em todo o Brasil, Cristiano afirma que a utilização destas tecnologias, é considerado o futuro da agricultura no país, são investimentos que devem ser feitos a longo prazo, e que trarão retornos assegurados no rendimento das lavouras.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade