Tio Hugo pede a liberação de recursos para 24 casas populares

Por Cátia Andreia Dörr em 24/05/2011

   

(Foto: Divulgação)
Tio Hugo pede a liberação de recursos para 24 casas populares

Por pertencer à região do Alto da Serra do Botucaraí, definida como prioridade para investimentos pelo governo estadual devido ao baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), Tio Hugo pode receber recursos da Secretaria da Habitação e Saneamento para construção de casas populares. Os imóveis irão abrigar 24 famílias em situação de vulnerabilidade social. O assunto foi tratado pelo prefeito Verno Müller, em audiência na Secretaria da Habitação e Saneamento, ocasião em que o deputado Gilmar Sossella (PDT) acompanhou a discussão.

O município, conforme Müller, recebeu R$ 12 mil do programa Minha Casa, Minha Vida para construção de cada unidade, mas solicita a complementação, por parte do Estado, de R$ 3 mil por moradia. “Com a contratação de cooperativas credenciadas com a Caixa Econômica Federal para acessar os valores destinados pelo governo federal, as obras já iniciaram. Precisamos deste complemento para concluir as residências”, reforça.

Ainda de acordo com o prefeito de Tio Hugo, a cidade conquistou R$ 65 mil pela consulta popular para aplicação em moradias, mas os valores ainda não foram liberados pelo Estado. “A habitação, hoje, é o nosso grande gargalo”, avalia.

Segundo o secretário da Habitação e Saneamento, Marcel Frison, a pasta analisou os processos e estabeleceu critérios para liberação de recursos. Agora, a lista está na Secretaria Estadual da Fazenda. “Embora a relação não inclua o município, ela não é fechada. Vamos aguardar a avaliação da Fazenda para ver se ele poderá ser incluído ou se será necessário abrir um novo processo. O governo determinou investimentos para o Alto da Serra do Botucaraí, região com menor Índice de Desenvolvimento Humano no Estado, e o valor solicitado por Tio Hugo é baixo, aspectos determinantes para destinação das verbas”, esclarece.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade