Corpo encontrado em matagal será encaminhado ao IML de Passo Fundo

Corpo da policial foi localizado nesta madrugada em Fontoura Xavier

Por Carlos Wagner / Zero Hora em 05/10/2011

   

(Foto: Mauricio Orsolin / ClicSoledade)
Corpo encontrado em matagal será
encaminhado ao IML de Passo Fundo

O corpo da policial militar Luane Chaves Lemes, 23 anos, será transferido nesta manhã para o Instituto Médico Legal de Passo Fundo. O Departamento Médico Legal de Soledade não tem condições técnicas de fazer a necropsia devido ao avançado estado de decomposição. Com a transferência, o resultado do exame, previsto inicialmente para ser divulgado às 10h desta quarta, deve atrasar.

Por volta das 8h, o pai da PM, sargento Paulo Luciano Ferreira Lemes, chegou ao DML de Soledade muito abatido e acompanhado de companheiros de farda e amigos.

O corpo da policial foi localizado em um mato próximo ao restaurante Vila Assis, em Fontoura Xavier. Na região, o ônibus em que Luane teria embarcado desde Passo Fundo parou para o almoço dos passageiros por volta das 12h30min do dia 19 de setembro.

Ao tomar conhecimento da morte, o ex-namorado dela sofreu uma crise nervosa forte e precisou ser levado às pressas para o Hospital Municipal de Passo Fundo, onde é medicado. Segundo a família de Peterson Bairos Annes, 25 anos, ele teria começado a gritar dentro de casa.

O local onde o corpo foi encontrado fica a mais de um quilômetro das margens da rodovia Fontoura Xavier-Porto Alegre (BR-386). Moradores das redondezas teriam sentido um cheiro forte no local e, ao verificar, descobriram o cadáver em decomposição. A Brigada Militar de Fontoura Xavier e a Polícia Civil de Passo Fundo, em seguida, foram acionadas.

Segundo o chefe de investigação do caso, Caroará Alves, a arma levada pela soldado foi encontrada a poucos metros do corpo.

— Não há dúvida de que foi suicídio — afirma Alves.

Segundo ele, o revólver, calibre 38, teria seis cartuchos. No local, foi encontrado apenas um cartucho deflagrado. Também foram encontrados com o corpo o celular levado por Luane e uma pequena quantia em dinheiro. Conforme informações preliminares da perícia, há uma marca de disparo na cabeça do cadáver.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade