Lançado Oficialmente o Mutirão de Natal em Ibirapuitã

Por André Vicari em 18/10/2011

   

(Foto: André Vicari / Divulgação)
Lançado Oficialmente o Mutirão de Natal em Ibirapuitã

Na terça feria, dia 11, foi lançado oficialmente mais uma edição do Mutirão de Natal, durante um encontro promovido junto ao Salão Paroquial de Ibirapuitã e que reuniu o prefeito Municipal Clodoir Luciano Lago, a Primeira Dama e Secretária de Assistência Social, Cassiana Lago, a Secretária de Educação e Cultura, do Presidente da Câmara de Vereadores, Jaime Martovicz e os Representantes da Igreja Adventista do Sétimo Dia e da ADRA.

O projeto que é coordenado pela Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), tem por objetivo arrecadar alimentos em quase 3 meses de campanha para serem doados a famílias carentes de Ibirapuitã. De acordo com Marina de Moraes, uma das Coordenadoras desse projeto, a participação de todos é importante para o sucesso do Mutirão, “ano passado conseguimos bons números, ajudamos os mais necessitados, e esse ano não poderá ser diferente, portanto convoco a todos para que participamos juntos, do ajudar coletivo, em prol de todos”.

Para o Prefeito Luciano, que através de sua fala deu abertura a solenidade de Lançamento do Mutirão de Natal 2011, a ADRA e a Igreja possuem papel fundamental na vida social do Município, “essas entidades tem papel fundamental em Ibirapuitã, temos que ser unidos, trabalharmos juntos para que tudo dê certo, e a prefeitura é e sempre será parceria de eventos dessa grandeza, que representam o bem social para todos que precisam”, falou.

As doações já podem ser feitas, junto a sede da igreja, ou para os integrantes envolvidos na campanha, bem como nos postos de coleta que serão divulgados nos veículos de comunicação da região.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade