Internet no Brasil cresce 14% em um ano

O número de usuários ativos (que acessaram a rede pelo menos uma vez durante o período) foi de 46,3 milhões

Por Redação em 01/11/2011

   

(Foto: Divulgação)
Internet no Brasil cresce 14% em um ano

O Brasil fechou o mês de setembro com a marca de 61,2 milhões de internautas domésticos e que acessam do trabalho, segundo números do Ibope Nielsen Online. O número representa um crescimento de 14% em relação aos 40,6 milhões registrados em setembro do ano passado.

Somados todos os ambientes de acesso (residências, trabalho, LAN houses, escolas etc.), o país possui 77,8 milhões de usuários.

Em média, cada usuário passou 62 horas e 58 minutos conectado à web durante o mês de setembro – indice 5,4% menor em relação ao registrado em agosto.

O número de usuários ativos (que acessaram a rede pelo menos uma vez durante o período) foi de 46,3 milhões. Com esse resultado, o Brasil superou pela primeira vez a Alemanha, um ano após ter deixado para trás a França e o Reino Unido.

De acordo com o Ibope, o maior crescimento do número de usuários ativos vem ocorrendo em residências. Entre setembro de 2009 e setembro de 2011, a variação foi de 37%, saltando de 27,7 milhões para 37,9 milhões de usuários. O número de pessoas que acessam de casa ou do trabalho saltou de 35,5 milhões para 46,3 milhões.

A velocidade de banda larga mais popular no país é a compreendida entre a faixa de 512 Kbps e 2 Mbps, utilizada por 47,8% dos clientes. Na sequência, aparece a faixa de 2 Mbps a 8 Mbps, utilizada por 21,3% dos usuários. Outros 16,9% ainda navegam com banda larga que vai de 128 Kbps a 512 Kbps; enquanto apenas 8,7% acessam a web por meio de rede superior com velocidade superior a 8 Mbps.


Fonte: info.abril.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade