Presidente da Avasb e Sossella buscam instalação de lombadas em Fontoura Xavier

Por Redação em 16/11/2011

   

(Foto: Divulgação / Deputado Sossela)
Presidente da Avasb e Sossella buscam instalação de lombadas em Fontoura Xavier

Na última semana o deputado Gilmar Sossella (PDT) acompanhado do vereador do município de Fontoura Xavier e Presidente da Associação das Câmaras de Vereadores do Alto da Serra do Botucaraí, Oscar Rogério Pinto da Silva, se reuniu no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O parlamentar conversou com os engenheiros Celso Oliveira e Paula Ariotti, juntamente com o superintendente do DNIT, Vladimir Roberto Casa.

O vereador com o apoio de Sossella busca a instalação de dois controladores eletrônicos de velocidade no trevo da Vila Assis, localizado na BR-386, devido o risco de acidentes para as pessoas que fazem a travessia no local. A dificuldade enfrentada é que os órgãos responsáveis, DNIT e DAER, não têm uma definição de quem é a responsabilidade naquele trecho urbano.

Celso Oliveira apresentou a solução mais adequada ao deputado e ao vereador. A sugestão é que a prefeitura realize uma parceria com a Polícia Rodoviária Federal para assinar um convênio de instalação das lombadas no trecho que é de perímetro urbano. Neste convênio o governo municipal ficaria responsável pela compra dos equipamentos e o valor arrecadado com as multas seria divido entre a prefeitura e a Polícia Rodoviária Federal.

Uma nova audiência será realizada com a presença do prefeito de Fontoura Xavier, José Flávio Godoy da Rosa, do vereador Oscar Rogério Pinto da Silva e do superintendente da Polícia Rodoviária Federal, o inspetor José Benites.

Sossella destacou a possibilidade de parceria com a polícia. “Vamos nos reunir com o inspetor Benites e buscar a solução para a população que reivindica a instalação de lombadas no trecho porque no local já ocorreram muitos acidentes e precisamos diminuir esses riscos”, afirmou o deputado.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade