Decretada situação de emergência no município de Mormaço

Falta de chuva provoca prejuízos de até 90% na cultura do milho

Por Patric Cunha Strapazzon em 09/01/2012

   

(Foto: Divulgação)
Decretada situação de emergência no município de Mormaço

O Prefeito, Luís Carlos Machado, assinou, na última sexta-feira, 06/01, o decreto de situação de emergência no município em decorrência da estiagem, fator climático que tem causado prejuízos de grande monta e está afetando diretamente o setor primário. Conforme levantamento da EMATER os prejuízos atingem 90% de quebra no milho, 75% na cultura de feijão, 30% na soja e 50% na produção de leite e bovinos de corte.

O laudo aponta o baixo índice pluviométrico registrado desde o dia 25 de outubro de 2011 e conforme o levantamento dos dados os prejuízos causados são definitivos, sem possibilidade de reversão. Os índices de perdas podem ser ainda maiores se a estiagem continuar a assolar o estado. A cultura do milho está totalmente comprometida e a preocupação agora está voltada às lavouras de soja. Se não houver chuvas nos próximos dias os índices de perdas serão ainda maiores.

O governo Estadual estuda um decreto de emergência coletivo, sugerido pela Casa Civil da União, visto que a seca não atinge regiões isoladas, afetando o estado inteiro. A medida poderá apressar a liberação de verbas federais para o atendimento aos municípios que sofrem com a estiagem.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade