Feira do Livro realizou homenagem a Paulo Guerra

Evento encerrou no sábado, 02/06

Por Mauricio Orsolin em 04/06/2012

   

(Foto: Mauricio Orsolin / ClicSoledade)
Feira do Livro realizou homenagem a Paulo Guerra

No sábado à noite, 02/06, aconteceu o encerramento da 7ª Feira do Livro de Soledade, na oportunidade o patrono do evento, Paulo Guerra, foi homenageado pelos organizadores e colegas da Academia Soledadense de Letras, que entregaram uma placa para o músico e poeta.

Paulo Guerra, que nasceu em Arvorezinha em 1961, começou muito cedo sua história com a música. Violinista autodidata, fez da música sua razão de viver. Com a alma carregada de sonhos, passou a fazer aulas com o Maestro Argentino Arne Ricardo Vuory, e nesse tempo, fez parte do Grupo Integração.

Em 1979, sua carreira despontava, teve participação instrumental no disco “A volta do Pajador”, com Jaime Caetano Braumm. Com esse mesmo artista, gravou o LP “Troncos Missioneiros”, e nessa mesma época trabalhou como arranjador, dando melodias às canções de Senair Maicá. Atuou em vários festivais no Rio Grande do Sul, com mais de 70 participações. Seu último trabalho foi em 2009 quando lançou o CD “Guitarrero”. Atualmente acompanha o músico Valdomiro Maicá em seus shows e ministra aulas de violão no Centro Cultural de Soledade.

Durante as homenagens, Paulo Guerra agradeceu a todos os presentes, e afirmou estar honrado por ter sido eleito Patrono desta edição da Feira. “Esta homenagem ficará para sempre guardada em meu coração, considerando-a como uma das mais importantes honrarias da minha vida. Meus sinceros agradecimentos a todos que lembraram o meu nome e valorizaram o trabalho que tenho feito pela cultura, mais especificamente na área musical e artesanal”.

O músico ressaltou ainda a importância da Feira do Livro para Soledade. “Esse evento tem um significado especial para todos nós. Ela representa um momento único de encontro cultural diversificado. São gerações diferentes que se unem em torno do livro, instrumento eterno e insubstituível do registro da memória dos povos”, finalizou Paulo Guerra.

Após falar aos presentes, o Patrono da Feira tocou três músicas, e em seguida foi surpreendido com outra homenagem, só que desta vez com uma participação musical do Grupo Maicá, realizando um show, que marcou o encerramento da Feira do Livro.



Ainda durante a noite de sábado, foi divulgado o nome da Patronesse da próxima edição da Feira do Livro de Soledade, Maria Renatt Ruas Cardoso, que foi eleita através da votação dos visitantes que estiveram nos três dias de evento.

Confira as fotos do evento no link:
http://www.clicsoledade.com.br/fotos/?pg=ver&id=832


   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade