Como criar um negócio e ter uma vida mais feliz

Em novo livro, autoras mostram como 100 empreendedoras provam que as mulheres podem ser mais felizes ao criar um negócio

Por Redação em 18/10/2012

   

(Foto: Divulgação)
Como criar um negócio e ter uma vida mais feliz

Liberdade. É isso que boa parte das pessoas que abre uma empresa busca. Com o tempo, a rotina envolve esses empreendedores e o principal objetivo fica perdido no meio de planilhas e tarefas. As consultoras Adelaide Lancaster e Amy Abrams contam em seu novo livro, “The Big Enough Company: How Women Can Build Great Businesses and Happier Lives”, como é possível podem recuperar o ânimo, construir bons negócios e ter uma vida mais feliz.

O senso comum indica que o crescimento rápido é o mais importante e melhor indicador de que o negócio está no caminho certo, mesmo que isso signifique atender padrões que não trazem felicidade ao empresário. Para elas, mais do que o tamanho, é preciso buscar sucesso e satisfação pessoal em suas empresas.

As autoras destacam como isso acontece principalmente entre as mulheres, através das histórias de cem empreendedoras que fugiram dos padrões para ter negócios bem sucedidos e vidas felizes. “Nós estamos desafiando as pessoas a pensarem diferente sobre seus negócios e o conceito de sucesso”, dizem.

Com base nas histórias, o livro destaca quatro aspectos importantes para viver uma rotina empreendedora de bem com a vida. O primeiro é pensar de dentro para fora. Antes de analisar sua empresa, analise a você mesma. Necessidades, motivações e objetivos claros ajudam a definir um plano de crescimento.

Em seguida, tente mudar a forma de ver crescimento. Para as autores, crescimento vai além de quão grande a empresa é, mas envolve também o quanto ela se desenvolve no tempo em relação aos seus objetivos.

Conecte-se ao mundo empreendedor. Usar a variedade de empresas e empreendedores ao seu redor ajuda a entender como os negócios funcionam e servem de motivação e inspiração para continuar. Além disso, aprenda princípios básicos. “Não há motivo para reinventar a roda”, dizem as autoras. Usar o conhecimento que está ao alcance de todos já traz lições importantes para tocar uma empresa.

Para ser mais feliz com o negócio, a publicação destaca a importância de esclarecer para você mesmo o motivo de começar uma empresa e o que se espera dela. Além disso, é importante ter um papel na operação, estar onde seus conhecimentos podem agregar mais valor e impacto. Envolver-se também é essencial. Sem tentar coisas novas, não há como enxergar novas oportunidades e possibilidades.

The Big Enough Company: How Women Can Build Great Businesses and Happier Lives

Com base nas histórias de 100 empreendedoras, as autoras falam sobre como é possível construir negócios dentro do padrão que cada um considera melhor.


Fonte: exame.abril.com.br

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade