Jovem que se comunica piscando os olhos recebe ajuda de voluntários

Ana Paula vai consultar com médicos do Instituto do Cérebro da PUC, na Capital

Por Zero Hora em 18/06/2013

   

(Foto: Grabriela Lottermann / Studio Criativo / Especial)
Jovem que se comunica piscando os olhos recebe ajuda de voluntários

Embora ainda não tenha avançado no tratamento das sequelas deixadas por uma doença rara, Ana Paula Soares de Almeida, 21 anos, a jovem de Três de Maio que se comunica com o mundo através do olhos, ganhou esperança. Após o Jornal Zero Hora publicar reportagem contando sua história no último dia12, a jovem e a família viram a rede de apoio ser ampliada com ótimas notícias.

A principal delas é que Ana Paula e seu irmão mais velho, que tem paralisia cerebral, vão consultar com médicos do Instituto do Cérebro da PUC, em Porto Alegre. Ainda não há data definida, mas a expectativa pelo atendimento é grande na família.

Em seu blog, a jovem postou a seguinte mensagem, comemorando: “Vou chegar ao Instituto do Cérebro. Tenho muitas expectativas. Continuem torcendo por mim”.

A mãe, Marli Erpich, sentiu uma ponta de alívio com as notícias:

– Temos a esperança de que a vida dela possa melhorar, com relação à locomoção e à comunicação também. Estamos todos felizes.

Ajuda espontânea busca melhorar qualidade de vida

A consulta foi viabilizada por pessoas que se sensibilizaram com a história. O contato com o Instituto do Cérebro foi feito pelo deputado federal Osmar Terra e pela cantora Graça Garcia, que passou quase uma semana telefonando para hospitais. Deu resultado. Além da PUC, um neurologista do hospital Moinhos de Vento também se dispôs a ajudar. Graça também está tentando organizar um show beneficente.

Quando a família for a Porto Alegre para a consulta com os neurologistas, Ana Paula será avaliada, também, por uma equipe da empresa Ortobrás, que pretende doar uma cadeira de rodas especial com um computador acoplado. O equipamento deverá facilitar a comunicação da jovem pela internet.

– Esta cadeira é feita sob medida, então, primeiro precisamos tirar as medidas dela e, depois, prestar todo o treinamento – salienta Gilson Lima, doutor e cientista em reabilitação, que fará a adaptação de Ana Paula ao equipamento.

Na internet, o grupo criado no Facebook chamado Missão Ana Paula teve quase 200 novas adesões.

A Cadeira

Empresa vai contribuir para recuperação de Ana Paula

- O projeto da Ortobras é chamado de KIDS – Kit de Inclusão Social e Digital –, que tem o objetivo de facilitar a inclusão de crianças com sérias limitações de mobilidade e aprendizado.

- É uma cadeira de rodas manual, com um notebook acoplado. O computador contém programas gratuitos, que permitem o acesso cotidiano de controle de telas e recursos cognitivos digitais integrados na cadeira personalizada.

- O equipamento funciona com baterias de 12 volts e permite um tempo de uso médio de 16 horas. À noite, precisa ser carregado.

Entenda o caso

- Em agosto de 2012, Ana Paula Soares de Almeida sentiu uma forte dor de cabeça. Depois de ter uma convulsão, ela ficou internada por 49 dias no Hospital São Vicente de Paulo, em Três de Maio. A maior parte do tempo na Unidade de Terapia Intensiva.

- Ela foi diagnosticada com Romboencefalite Criptogênica, uma doença considerada rara, que é uma inflamação no tronco cerebral de origem difícil de identificar. Ana Paula ficou com sequelas: tem movimentos limitados em todo o corpo e precisa de ajuda para executar todas as tarefas.

- No último dia 16 de maio, Ana Paula publicou uma carta na internet, contando a sua história e pedindo ajuda. Com 998 caracteres, o texto levou três dias para ser escrito utilizando o alfabeto ESARIN. O recurso funciona com um cerrar de pálpebras a cada vez que lhe exibem a letra certa em um quadro.

- Os apelos da jovem repercutiram na internet e comoveram a comunidade de Três de Maio, motivando a criação da Missão Ana Paula, um grupo no Facebook com mais de mil membros. Algumas postagens chegam a ter 500 comentários e 12 mil curtidas.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade