Audiência pública apresenta situação financeira da Prefeitura de Soledade

Exposição foi realizada na tarde desta quarta-feira, 04/09

Por Redação em 05/09/2013

   

(Foto: Mauricio Orsolin / ClicSoledade)
Audiência pública apresenta situação financeira da Prefeitura de Soledade

Foi realizada na tarde desta quarta-feira, 04/09, no Salão Azul da Prefeitura de Soledade, uma audiência pública proposta pela Administração Municipal para expor a situação financeira do município. Na audiência a secretária da Fazenda, Adriana Faoro Teixeira, trouxe todos os dados necessários para o entendimento da situação, demonstrando de forma cabal a existência de saldos a pagar de aproximadamente R$ 10,5 milhões, em 01 de janeiro de 2013.

As contas foram divididas em quatro grupos, para que fossem melhor compreendidas pela população, Contas a Pagar a Curto Prazo, no montante de R$ 3.570.524,74; Ações Judiciais em andamento, em R$ 888.217,42; Parcelamento a longo Prazo no valor de R$ 5.448.175,83; e Investimentos a longo prazo, R$ 1.974.595,06. A soma desses valores chega a R$ 11.881.513,05, sendo que deve ser abatido R$ 1.416.876,09, valor que estava depositado nas contas bancárias do município em 01/01/2013.

Receberam destaque durante a audiência pública o débito com o FAPS - Fundo de Aposentadoria dos Servidores Públicos Municipais, no montante de R$ 4.331.898,79 e o débito com 284 fornecedores, no valor de R$ 1.935.115,49.

O Prefeito Paulo Cattaneo disse que a atual Administração não está fazendo julgamento de contas, está apenas apresentando à população a situação financeira do Município, e que, mesmo dentro desse contexto de extrema dificuldade o Município está investindo na geração de emprego e renda, através da atração de duas empresas de grande porte, a Bruvi e a Semeato.

Contudo, segundo o Executivo, torna-se evidente que não é possível investir na mesma proporção em outras políticas públicas, como um maior investimento em estradas, consertos de vias públicas, habitação, assistência social, educação, saúde, dentro de uma situação de falta absoluta de recursos.


Conforme Cattaneo, cerca de R$ 3,5 milhões em débitos já foram quitados, outros foram renegociados, e os demais compromissos estão sendo pagos religiosamente. De acordo com o Prefeito, este anúncio foi necessário para que os princípios da transparência e publicidade fossem cumpridos em relação à comunidade.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade