Legislativo de Soledade realizou sessão extraordinária

Diversos projetos foram apreciados pelos edis soledadenses

   

(Foto: Maurício Orsolin / ClicSoledade)
Legislativo de Soledade realizou sessão extraordinária

realizou sessão extraordinária na tarde desta segunda feira, 20/01, quando estavam em pauta várias matérias. A reunião foi dirigida pelo vereador Juarez dos Santos Knopf (PSB), e teve apenas a ausência da vereadora Amália Aparecida de Souza (PDT) que se encontrava fora do município.

1-PROJETO DE LEI Nº 1/2014 – que estabelece o índice para revisão geral anual dos vencimentos e dos subsídios dos servidores públicos municipais ativos, inativos, pensionistas, cargo em comissão, função gratificada, os contratos emergenciais, prefeito, vice-prefeito, e secretários municipais, bem como concede ganho real dos servidores públicos municipais ativos, inativos, pensionistas, cargo em comissão, função gratificada e aos contratados emergenciais. Perfazendo um total de 5%. Aprovado por unanimidade.

2- PROJETO DE LEI Nº 2/2014 – Autoriza a atualização do Piso Nacional dos Servidores Públicos Municipais Integrantes do Quadro do Magistério do Município de Soledade, perfazendo um total de 8,32%. Aprovado por unanimidade.

3- PROJETO DE LEI Nº 3/2014 – Autoriza o Poder Executivo do Município de Soledade a repassar o valor de R$ 30.000,00 para a APROSOL, a fim de realizar o VII Rodeio Internacional de Soledade. Este projeto foi retirado da pauta a pedido do líder do governo vereador Noé Correia de Chaves.

4– PROJETO DE LEI Nº 4/2014, que autoriza o Executivo a realizar o pagamento de abono aos agentes de saúde que exerceram atividade no ano de 2013.

5-PROJETO DE LEI LEGISLATIVO Nº 1/2014- Estabelece índice para revisão dos vencimentos e dos subsídios dos servidores públicos municipais ativos, inativos, pensionistas, cargos em comissão, funções gratificadas do Poder Legislativo no percentual de 5%, e aos edis no valor de 3,89%.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade