Fundação Pró-Sementes divulga pesquisa sobre o cultivo do trigo

Pesquisa conclui que a escolha da cultivar de trigo influencia na produtividade da lavoura

Por Marianna Rebelatto em 01/02/2014

   

(Foto: Marianna Rebelatto / Divulgação)
Fundação Pró-Sementes divulga pesquisa sobre o cultivo do trigo

Com o objetivo de fornecer informações para nortear a tomada de decisão sobre a adoção de cultivares de trigo em diferentes regiões produtoras, a Fundação Pró-Sementes desenvolve, desde 2008, um trabalho de pesquisa denominado Ensaio de Cultivares em Rede (ECR).

Os resultados da safra 2013/2013 foram apresentados em um evento que reuniu mais de 50 pessoas, entre produtores de sementes, autoridades, entidades do setor, empresas obtentoras e imprensa. O encontro aconteceu na sede da entidade, em Passo Fundo (RS).

De acordo com a coordenadora da unidade de cultivos de inverno da Fundação Pró-Sementes, Kassiana Kehl, na última safra de inverno, foram avaliados 84 materiais de 10 diferentes obtentores em 18 locais representativos da cultura nos estados do RS, SC, PR e SP. Os ensaios foram separados em ECR Grupo I, que contempla as cultivares de ciclo precoce, e ECR Grupo II, com as cultivares de ciclo médio e tardio.

Na região tritícola 1 do Rio Grande do Sul, foram realizados ensaios em Passo Fundo, Vacaria, Júlio de Castilhos e são Gabriel. Na região 2, os experimentos foram conduzidos em Cachoeira do Sul, Santo Augusto e São Luiz Gonzaga. Em função dos riscos climáticos, principalmente a perda por geada, nestes locais os ensaios são semeados em duas épocas.

Já em Santa Catarina, os ensaios ocorreram em Campos Novos (região tritícola 1) e em Abelardo Luz (região tritícola 2).

No Paraná, sediaram experimentos os municípios de Guarapuava e Ponta Grossa, na região 1, Pato Branco, Campo Mourão e Cascavel, na região 2, e Nova Fátima, na região 3.

Os trabalhos também foram conduzidos em Itapeva, na região tritícola 2 de São Paulo, e em Cruzália e Manduri, na região 3.

A partir do estudo, Kassiana Kehl constatou uma grande diferença entre os rendimentos máximos e mínimos em cada local. “Com isso, podemos concluir que a escolha da cultivar influencia diretamente na produtividade da lavoura”, afirma a pesquisadora. Entre as cultivares de ciclo médio e tardio semeadas em Vacaria (RS), por exemplo, constatou-se uma diferença de 3.473 kg/ha entre a cultivar que apresentou o maior rendimento e aquela que apresentou o menor.

De acordo com a coordenadora da unidade de cultivos de inverno da Fundação Pró-Sementes, Kassiana Kehl, as condições climáticas ocorridas na safra 2013/2013 foram atípicas. O estado do Paraná foi o mais prejudicado pelas intempéries, o que resultou na perda dos ensaios de Campo Mourão devido à geada. A falta de chuva nos meses de julho e agosto não favoreceu o a cultura em São Paulo. Já no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, o clima foi muito propício ao desenvolvimento do trigo. Nestes locais, de acordo com a pesquisadora, foi possível observar o real potencial e os picos de produção de cada cultivar.

Entre os presentes no lançamento dos resultados dos Ensaios de Cultivares em Rede de Trigo estavam Hamilton Jardim, vice-presidente da Farsul, Paulo de Tarso Silva, presidente do Sindicato Rural de Passo Fundo, Áureo Mesquita, da Câmara Setorial do Trigo, Odalniro Irineu Paz Dutra, fiscal agropecuário do Ministério da Agricultura, Carlos Alberto Schütz, do Senar/RS, Cláudio Dóro, da Emater/RS, José Hennigen, diretor da Fundação Pró-Sementes, Rui Colvara Rosinha, idealizador do ECR, Antonio Eduardo Loureiro da Silva, diretor da APASSUL, Hugo Boff e Pedro Tombini, presidente e vice da Fundação Pró-Sementes.

Sobre os Ensaios de Cultivares em Rede

Desde 2008, a Fundação Pró-Sementes realiza ensaios com as cultivares de trigo e soja registradas no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e indicadas pelo Zoneamento Agrícola de risco climático. Os experimentos são realizados em locais definidos, respeitando diferenças climáticas e de altitude, de acordo com o proposto no zoneamento.

Os resultados dos Ensaios de Cultivares em Rede estão disponíveis para consulta no site

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade