Municípios da Região Botucaraí recebem cinco novos médicos cubanos

Barros Cassal, Fontoura Xavier, Gramado Xavier, Itapuca e Lagoão receberão profissionais do programa

Por Fernando Martins / Rd Soledade em 12/03/2014

   

(Foto: Divulgação / Governo Estado)
Municípios da Região Botucaraí recebem cinco novos médicos cubanos

A região do Alto da Serra do Botucaraí receberá cinco novos médicos cubanos do Programa Mais Médicos. Os profissionais, que chegaram na última semana e já recebem informações sobre o trabalho no Estado, atuarão nos municípios de Barros Cassal, Fontoura Xavier, Gramado Xavier, Itapuca e Lagoão.

Ao todo, são 144 profissionais que fazem parte do terceiro ciclo do programa e vão atuar em 121 municípios do interior do Rio Grande do Sul. Os profissionais foram recebidos por uma equipe do Departamento de Ações em Saúde (DAS) da Secretaria Estadual da Saúde (SES), junto com outras comitivas gaúchas ligadas à área da saúde.

Até esta quarta-feira (12) os médicos participam da II Semana Estadual de Acolhimento, no City Hotel, em Porto Alegre, que tem como objetivo apresentar as políticas públicas de saúde do Estado e integrá-los com os gestores da saúde dos municípios que os receberão. “O SUS, no imaginário da população, é para pobres, mesmo que na realidade não seja assim. A avaliação do SUS, pelos usuários, é cada vez mais positiva, e aí entra o papel de vocês, que vão qualificar e fortalecer o sistema", disse a secretária estadual da Saúde, Sandra Fagundes durante o primeiro encontro. "Vocês irão para áreas onde a população depende quase que cem por cento do SUS, e vão trabalhar também com líderes comunitários, professores e prefeitos, contribuindo na construção da cidadania", completou.

Conforme previsto em lei, os médicos são selecionados para atuar no programa durante três anos. Nesse período, os profissionais formados no exterior terão registro profissional emitido pelo Ministério da Saúde, que lhes dará o direito de atuar exclusivamente na Atenção Básica das cidades a que forem designados, com acompanhamento de tutores e supervisores. Além disso, todos os profissionais fazem especialização em Atenção Básica, oferecida pela Universidade Aberta do SUS (Una-SUS) na modalidade de educação à distância.

A partir desta quarta-feira, os médicos partem para as localidades para onde foram destinados. Desde janeiro, um total de 589 profissionais chegaram ao Estado pelo Programa Mais Médicos.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade