Quadrilha assalta agência bancária e lotérica em Gramado Xavier

Após cometer o crime no início da tarde desta quinta-feira, grupo fugiu com uma refém

Por Portal GAZ em 04/07/2014

   

(Foto: Tiago Guedes / RBS TV)
Quadrilha assalta agência bancária e lotérica em Gramado Xavier

Quatro homens armados assaltaram uma agência bancária e uma lotérica na cidade de Gramado Xavier, por volta das 14 horas desta quinta-feira, 3. Após cometer o crime, o grupo fugiu do local com uma refém num Prisma prata - roubado no último fim de semana - com placas de Santa Cruz do Sul.

Segundo a Brigada Militar de Gramado Xavier, dois dos assaltantes utilizaram uma marreta para entrar na agência pela porta lateral. Clientes e funcionários foram feitos reféns dentro do banco, enquanto os outros dois homens faziam moradores que passavam pelo local como escudo humano do lado de fora da agência.

Na fuga, os assaltantes jogaram miguelitos — objetos de ferro retorcido usados para furar pneus - para dificultar a ação dos policiais. A cerca de dois quilômetros do centro, a refém foi deixada em uma estrada no interior do município.

Ainda de acordo com a BM, o veículo usado na fuga foi encontrado no interior do município com o extintor vazio após ter sido utilizado para esconder possíveis digitais. O paradeiro dos indivíduos ainda é desconhecido para a BM, que acentua as buscas na região.

"Pega refém, pega refém”, gritou assaltante

Um homem, de 36 anos, estava entre os clientes que foram rendidos pelos criminosos. O empresário era atendido no caixa, quando ouviu o alerta do vigilante. “É um assalto”, gritou o segurança. Logo depois, os clientes escutaram um estrondo. Era um dos vidros da agência sendo quebrado com uma marreta para que os bandidos pudessem acessar o interior do banco sem passar pela porta giratória, que fica ao lado.

Dois assaltantes encapuzados ingressaram na agência. Um deles, aparentando cerca de 40 anos, portava uma arma longa, possivelmente uma espingarda de calibre 12. O outro, mais jovem, usava duas pistolas. O empresário ainda teve tempo de jogar seu celular dentro da lixeira, assim como outros clientes. Em seguida, todos se jogaram no chão.

O vigilante foi o primeiro a ser rendido. Junto com ele, na mira de armas, os clientes foram obrigados a sair em direção a rua que passa em frente à agência. Junto com moradores, que já haviam sido rendidos por outros dois bandidos que estavam do lado de for a, os clientes foram usados como escudo humano. “Nós ficamos ali fora. Ele apontando a arma na cabeça de todos”, contou.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade