UPF integrada à Operação Guararapes do Projeto Rondon

Professores e acadêmicos estão em Canhotinho, Pernambuco, desenvolvendo ações na área de comunicação, meio ambiente, trabalho, tecnologia e produção

Por Redação em 31/07/2014

   

(Foto: Divulgação / UPF)
UPF integrada à Operação Guararapes do Projeto Rondon

Localizado no semiárido brasileiro, no estado de Pernambuco, está o município de Canhotinho. Com uma população de mais de 24 mil pessoas, de acordo com dados do IBGE, o local está recebendo, até o dia 02 de agosto, a Operação Guararapes do Projeto Rondon. Professores e acadêmicos da Universidade de Passo Fundo (UPF) integram a iniciativa, que teve início no dia 17 de julho, e desenvolvem atividades do chamado conjunto B nas áreas da comunicação, meio ambiente, trabalho, tecnologia e produção.

Desde a chegada na cidade, o grupo da UPF já ministrou oficinas e cursos que contaram com a participação de quase duas mil pessoas. A coordenadora da Operação, professora Ana Maria Bellani Migott, destaca a receptividade da comunidade às ações apresentadas, que estão integrando crianças, adolescentes, educadores, profissionais da saúde, agricultores, funcionários da prefeitura, lideranças comunitárias, donas de casa e merendeiras.

29-VREAC-projeto-rondon5

As oficinas estão enfocando boas práticas na alimentação, instrumentos musicais com materiais recicláveis, jogos cooperativos, construção de móveis com materiais alternativos, agroindústrias familiares com produção de geleias e compotas, resíduos sólidos, agroecologia, confecção de papel reciclado, trilha perceptiva, mapeamento participativo e o papel social do rádio e da TV.

A equipe da UPF também fez uma doação de 150 livros de literatura para o Presídio Municipal de Canhotinho e orientou os profissionais da enfermagem e da assistência social sobre o cuidado em saúde à população carcerária. Igualmente, foi realizado o Cine Rondon, com a exposição de filmes e posterior discussão a respeito de suas temáticas. Para o encerramento da operação, está sendo preparado um sarau, em que os acadêmicos farão uma apresentação artística sobre a cultura gaúcha, com suas danças e costumes.

Integram a operação pela UPF, além da professora Ana Migott, a professora Elisabeth Maria Foschiera, e os acadêmicos Alice Agostinetto (Agronomia), Bianca Garcia Eberhardt (Letras), Elisa de Moura Scortegagna (Arquitetura e Urbanismo), Franciele Fatina Talian (Pedagogia), Isadora Folchini (Medicina Veterinária), Noany Volpato (Engenharia de Alimentos), Marina Iarcheski (Música) e Taise S. Barfknecht (Publicidade e Propaganda). Na Instituição, o Projeto Rondon está vinculado à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários.

29-VREAC-projeto-rondon3

A operação Guararapes, em Canhotinho, também tem a participação de alunos e professores da Universidade Federal do Espírito Santo, que desenvolvem iniciativas do Conjunto A, na área da saúde, educação, cultura, direitos humanos e justiça.

Projeto Rondon

O Projeto Rondon, coordenado pelo Ministério da Defesa, é um projeto de integração social que envolve a participação voluntária de estudantes universitários na busca de soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes e ampliem o bem-estar da população.
A Operação Guararapes está presente em 19 municípios, além de Canhotinho, tendo como Centro Regional a cidade de Recife/PE, em municípios dos Estados de Pernambuco, Paraíba e Alagoas.

29-VREAC-projeto-rondon4

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade