Região bloqueia a RSC-287 pela liberação da RSC-153

Iniciou a poucos minutos a interrupção do trânsito próximo ao viaduto, em Vera Cruz. Manifestantes distribuem panfletos e mostram sua indignação pelo bloqueio da RSC-153

   

(Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade)
Região bloqueia a RSC-287 pela liberação da RSC-153

Representantes de entidades comerciais e empresariais e sindicatos do Vale do Rio Pardo colocam em prática hoje o bloqueio da RSC–287. O objetivo do movimento é pressionar o governo do Estado pela liberação da RSC–153, em Vale do Sol, que permanece há mais de um mês interditada devido à queda de um morro sobre a pista. O grupo se reúne a partir das 9 horas próximo ao viaduto da rodovia prejudicada, em Vera Cruz, em um protesto pacífico. A ideia, segundo o empresário Jackson Rabuske, um dos líderes da mobilização, é promover a interrupção do fluxo de veículos por no máximo 20 minutos, evitando prejuízos aos motoristas.

No restante do tempo, os integrantes vão tentar manter o trânsito mais lento, se dedicando à entrega de cerca de mil panfletos informando a situação. Entre as mensagens estão apelos como: Só queremos a liberação da nossa estrada e não o bloqueio da sua. S.O.S RSC–153. Contra o descaso e pelo desbloqueio imediato. “Nossa ideia é conscientizar os usuários sobre a precária situação que estamos enfrentando de uma forma diferente, mas impactante”, explica Rabuske. O grupo contará com o auxílio do Grupo Rodoviário da Brigada Militar (GRBM).

O objetivo é mobilizar também os motoristas que se sentem prejudicados pelo bloqueio que afeta principalmente os municípios de Vale do Sol, Sinimbu, Herveiras, Gramado Xavier, Barros Cassal e Boqueirão do Leão. Santa Cruz do Sul e Vera Cruz também devem ter representantes junto ao manifesto. No último dia 18, um grupo com cerca de 100 pessoas, independente do movimento criado semanas depois, impediu a passagem de veículos na RSC–287 no mesmo local por aproximadamente três horas. Além da liberação da RSC–153, a comunidade regional reivindica o reforço da sinalização. Até o momento, pelo menos dois acidentes foram registrados em função da falta de placas que indiquem o bloqueio da pista.

Os prefeitos dos municípios afetados seguem atentos ao cumprimento das ações prometidas pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) em reunião com a comunidade regional na segunda-feira, na Câmara de Vereadores de Vale do Sol. O prefeito do município, Clécio Halmenschlager, afirma que a retirada do material da pista no primeiro deslizamento de pequeno porte, localizado antes do viaduto Francisco Alves, no sentido Vale do Sol-Herveiras, deve ser finalizada hoje à tarde. As equipes da empresa Conterra chegaram ao trecho na quarta-feira e deram início aos trabalhos na manhã ontem. Halmenschlager voltou a entrar em contato com o diretor-geral da autarquia, Carlos Eduardo Vieira, cobrando o reforço da sinalização, ainda precário. Vieira informou que está acompanhando de perto a situação e que irá cobrar o serviço.

As informações são do Portal GAZ.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade