Audiência Pública pede reabertura do acesso da ERS 332 à BR 386

Encontro foi realizado na Câmara de Vereadores de Soledade
(Foto: Jacques Moraes / Divulgação)
(Foto: Jacques Moraes / Divulgação)

Tendo por local a câmara municipal de vereadores de Soledade aconteceu na tarde de quarta-feira, importante audiência pública. A mesma foi chamada pelos órgãos públicos municipais e entidades organizadas de Soledade, para tratar da reabertura do chamado desvio do pedágio na RS 332, acesso a BR 386. A ausência sentida foi a do Procurador da República Dr. Juarez Mercante, de Passo Fundo. Durante o encontro depois de algumas ligações com a sua assessoria, este retornou a chamada informando que dado ao atraso de audiência ele não poderia se fazer presente. A organização do ato lamentou que o procurador não tenha se preocupado em mandar um representante para acompanhar o encontro.

Os seguimentos que marcaram presença na audiência foram: Câmara Municipal de Vereadores, Prefeitura Municipal, Sindicato Rural, Cooperativa Agrícola (Coagrisol), Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Comissão dos Produtores Rurais, Polícia Rodoviária Federal, Prefeitura de Fontoura Xavier e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barros Cassal. Foram horas de debates com manifestação dos organizadores, produtores e comunidade presente.

João Alberto Ferreira, comandante da PRF posto de Soledade, expôs a posição da polícia contrária a reabertura do desvio, alegando questões de segurança da via. O policial foi muito contestado pelos presentes que apresentaram uma série de razões que dizem exatamente o contrário.

As lideranças Josué Samir Lamaison, Alessandro Gasparin, Paulo Riucardo Cattaneo, Juarez dos Santos Knopf, Manir Zeni, Luiz Paulo Ghellen, Itajubá Borges, Ilo finato, José Dionei Quevedo, foram unânimes em relatar em suas manifestações que os interesses dos produtores que possuem propriedade no local precisam ser atendidos. Deixaram também bem claro que o objetivo é abrir o desvio e no local ser feito uma obra que ofereça a segurança devida a todos que por aquela via transitam. Esta é uma via antiga e que o seu fechamento trouxe muitos transtornos para quem se utilizava da mesma para transpor a BR 386.

A decisão tomada do encontro é que uma comissão deve se dirigir até Passo Fundo, onde buscará audiência com o Procurador da República Dr. Juarez Mercante, levando a ele os esclarecimentos devidos para convencê-lo da necessidade da reabertura do desvio que tanto é utilizado pelos produtores rurais, responsáveis por colocar o alimento da mesa de cada cidadão brasileiro.

A avaliação da audiência pública pelos organizadores foi positiva, já que oportunizou um amplo debate e reafirmou a importância da abertura do chamado “antigo desvio do pedágio”.



Parceiros da Cobertura

  • Client Logo
  • Client Logo
  • Client Logo
  • Client Logo
  • Client Logo
  • Client Logo
  • Client Logo