20/06/2012

Comissão Organizadora inicia o planejamento do VI Rodeio Internacional de Soledade

Evento, que acontece de 14 a 17/02/2013, está orçado em cerca de R$ 230 mil
   

A Comissão Organizadora do 6º Rodeio Internacional de Soledade, já iniciou o planejamento estratégico que, inclusive, pode passar por mudanças na organização e na infraestrutura. A reunião da pasta aconteceu na noite desta terça-feira, 19/06, no Salão Nobre da Prefeitura de Soledade e reuniu coordenadores das diversas áreas que envolvem a gestão do Evento.

Conforme Paulo Ernani, Coordenador do Rodeio, o mesmo já está estruturado. “O Rodeio Internacional já é um pleito tradicional, e claro, tem um padrão e hoje está pronto, a estratégia é dar continuidade e visar possíveis mudanças que resultem em melhorias”, avaliou. Para a diretoria, a próxima edição deve pautar alguns ajustes na infraestrutura do Parque de Eventos Centenário Rui Ortiz. “No último ano, tivemos muitas dificuldades relacionadas à energia elétrica, principalmente. Desde agora, já precisamos pensar em algumas mudanças na estrutura elétrica do Parque, bem como, na organização das áreas campeira e artística. Temos tempo para organizar um Evento promissor, indubitavelmente a sexta edição será ainda melhor”, destacou Ernani.

O Rodeio Internacional tem um custo total aproximado a R$ 230 mil e já é tradicional na região, no estado e, em várias localidades do Brasil. No ano passado, mais de 40 mil pessoas passaram pelo Parque, entre elas, visitantes de Brasília, Paraná e, Argentina. O objetivo do Evento vem ao encontro de um intercambio de culturas, oferecida pelo município de Soledade, através da Aprosol.

Para Olavo Valendorff, Gestor Administrativo da Aprosol, é necessário que a estrutura organizacional do Rodeio envolva mais pessoas, que possam assumir as pastas nas próximas edições. Segundo ele, a Aprosol deve a partir do segundo semestre encaminhar propostas orçamentárias em busca de recursos, que já sejam firmados para o Rodeio Internacional e para a Exposol 2013. “Vamos sugerir, através de propostas orçamentárias, melhorias no Parque e o recurso a ser prestado para o Rodeio, bem como para a Exposol. A ideia é crescer cada vez mais, e isso significa que os recursos também tendem a aumentar, a medida que o Evento se desenvolve”, afirmou.

Quanto a parceria com o Poder Público, ela tende a continuar, o Prefeito Gelson Renato Cainelli, garantiu a continuidade do apoio já firmado nas outras edições. “Vivemos um processo de encerramento de ciclo, que pode ou não ser renovado. Mas, o Poder Público em si tem condições de bancar e auxiliar um Evento como este. O rodeio está pronto, é só continuar”, disse Cainelli.

Nos próximos meses a expectativa é que a Organização do Rodeio Internacional de Soledade, que acontece de 14 a 17 de fevereiro de 2013, já inicie o processo de divulgação.


Redação
redacao@clicsoledade.com.br

   
Comentários
Notícias Relacionadas