Acusado da morte de Alexandre Signor se entrega à Polícia

Após se apresentar na BM de Tunas, Ubirajara Bernardo, foi encaminhado para Espumoso e conduzido ao Presídio Estadual

Por Redação em 10/01/2015

   

(Foto: Arte / ClicSoledade)
Acusado da morte de Alexandre Signor se entrega à Polícia

Após ter a prisão preventiva decretada no final da tarde desta sexta-feira, 09, Ubirajara Bernardo, 22 anos, acusado de ser quem desferiu o soco que resultou na morte de Alexandre Signor Rosa, de 26 anos, se apresentou na Brigada Militar de Tunas. De acordo com a BM, o jovem se apresentou por volta das 19h, e não reagiu a prisão.

Ubirajara foi encaminhado para Espumoso, onde, após realizar exames no Hospital São Sebastião, foi ouvido na delegacia e posteriomente encaminhado ao Presídio Estadual de Espumoso, onde se encontra à disposição da justiça. Segundo o delegado Ramildo Portela, ele foi indiciado por lesão corporal, seguida de morte, cujo crime prevê de 04 a 12 anos de reclusão.

De acordo com a autoridade policial, em depoimento na Delegacia de Polícia de Espumoso na quarta-feira, 07, o agressor confessou que desferiu o soco na vítima. Ainda segundo o Delegado, durante a oitiva do acusado, o rapaz não demonstrou estar arrependido pelo ocorrido. Ramildo Portela acrescenta que Ubirajara já tinha antecedentes por infrações de trânsito.

Conforme relatos da polícia, Alexandre e Ubirajara eram amigos, apesar de não serem muito próximos. Já o irmão da vítima, por meio de uma rede social, publicou a seguinte mensagem: “Sou irmão do Xande, e posso afirmar que não eram amigos! Isso não foi nenhum tipo de brincadeira, foi uma provocação, assistam o vídeo sem cortes para ver quanto tempo ele ficou procurando a chave do carro dele. Justiça!!”, desabafa.

O corpo de Alexandre Rosa foi sepultado em Espumoso nesta sexta-feira (9). A família autorizou a doação de órgãos do jovem.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade