Crianças dão início às atividades da Jornada Nacional de Literatura

8ª Jornadinha reunirá 20 mil crianças até sexta-feira (6).

Por Redação em 02/10/2017

   

(Foto: Gelsoli Casagrande / UPF)
Crianças dão início às atividades da Jornada Nacional de Literatura

A expectativa para a 16ª Jornada Nacional de Literatura e a 8ª Jornadinha tomou conta da cidade ao longo dos últimos dias. As atividades que antecederam o grande evento deram o tom do envolvimento de toda a comunidade. Na manhã desta segunda-feira, 2 de outubro, as crianças inauguraram o espaço Suassuna, localizado na lona principal, destinado a espetáculos, conferências e debates.

Para o reitor da Universidade de Passo Fundo (UPF), José Carlos Carles de Souza, o momento é de alegria e de realização. “Passamos por momentos difíceis até a concretização desta festa. Mas, ao longo do caminho, pudemos perceber o quanto a equipe de trabalho foi forte e o quanto a comunidade aderiu à ideia de uma Jornada mais próxima e interativa. Queremos que o público prestigie as atividades e respire a cultura e literatura durante esta semana especial”, destacou. Além do reitor, também prestigiaram a solenidade de abertura a vice-reitora de Extensão e Assuntos Comunitários, Bernadete Dalmolin, e o vice-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Leonardo José Gil Barcellos.

Emocionado, o professor Miguel Rettenmaier, um dos coordenadores da Jornada, destacou que receber em primeiro lugar as crianças tem um significado importante. De acordo com ele, agora é momento de aproveitar a programação e viver a Jornada. “Nossa expectativa é a melhor possível e a vinda das crianças mostra a adesão da comunidade à nossa grande movimentação cultural. Passamos por situações difíceis, com restrições financeiras, mas tivemos um calor muito grande das pessoas, então, estamos iniciando uma Jornada sob o signo de uma crise política e econômica, mas sob a marca de uma adesão muito bonita e apaixonada das pessoas, o que fará com que essa Jornada seja inesquecível”, pontuou.

Espetáculo de abertura

As intervenções artísticas ficaram a cargo de Roudini & os Impostores e do grupo Teatro Depois da Chuva. À tarde, as crianças de dividem nas tendas do Espaço Lendas Brasileiras, Clarice Lispector, para conversar com os escritores Jean-Claude Alphen, Pedro Duarte, Márcia Leite, Daniel Kondo, Lúcia Hiratsuka, Selma Maria, Eliandro Rocha e Alexandre de Castro Gomes.

A empolgação era visível em todos os rostos. Eduardo Pertile, da Escola Borges do Conto, de Palmeira das Missões, estava contando os dias para a chegada da Jornadinha. “A gente queria muito vir. Agora que estamos aqui, queremos aproveitar. Conversar com os escritores, conhecer outras escolas. É um momento muito legal”, disse.

A 16ª Jornada Nacional de Literatura e a 8ª Jornadinha Nacional de Literatura são promovidas pela Universidade de Passo Fundo (UPF) e pela Prefeitura de Passo Fundo. Os eventos contam com os patrocínios do Banrisul, da Corsan, da Ambev, da Companhia Zaffari & Bourbon, da Ipiranga, da Panvel, da SulGás, da Triway e da TechDEC; com o apoio cultural da BSBIOS, do Sesi e da Coleurb; patrocínio promocional da Capes, da Fapergs, da Italac e da Oniz; com a parceria cultural do Sesc; financiamento do Governo do Estado – Secretaria da Cultura – Pró-cultura RS LIC; e realização do Ministério da Cultura.

   
O Portal ClicSoledade não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Publicidade